SportsManaus
NOTÍCIAS

“Acredito no meu grupo”, disse técnico do São Raimundo-RR sobre jogo com 3B pelo Brasileiro Feminino

Foto: Divulgação / São Raimundo-RR

Depois de ser surpreendido com uma goleada em casa, na última partida para o Porto Velho-RO por 4 a 1, o São Raimundo-RR tem pela frente um jogo decisivo com a Associação Esportiva 3B da Amazônia, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino A2. Em terceiro lugar com quatro pontos, no grupo 2, as meninas do Mundão encaram a partida como decisiva, nesta quarta-feira, 1º de maio, às 16h (17h de Brasília), no estádio da Colina, zona Oeste de Manaus.

Há 10 anos atuando no futebol feminino, o técnico Beto Vieira, 46 anos, treinador do Sub-20 e coordenador da base do São Raimundo, é o comandante do time feminino. Para ele, o compromisso na capital amazonense é extremamente difícil, pois considera o 3B como a grande favorita do grupo.

– A expectativa é preocupante, pois sabemos que vamos jogar com uma grande equipe, não temos porque esconder isso. A gente sabe das nossas dificuldades, pela qualidade do 3B. Nós precisamos é ter um pouco de determinação e comprometimento. Acredito no meu grupo, estamos numa fase de evolução e sabemos que será difícil, mas nada é impossível – alertou.

Precisando somar pontos para sonhar com a classificação para próxima fase e lutar por uma das vaga do grupo, Beto Vieira, confessou ao SportsManaus, sua esperança de conseguir um bom resultado fora de casa, de pelo menos um empate.

Treinador disse que considera jogo muito difícil, mas acredita no potencial do grupo (crédito: Divulgação/São Raimundo-RR)

– Sabemos que a equipe do 3B é excelente e não tem como elogiar uma equipe que vem trabalhando muito, que tem recursos financeiros e isso pesa muito. O resultado do jogo vamos tentar conseguir alguma coisa, pois precisamos do resultado positivo, ou seja, pode esperar uma equipe determinada – disse, mas ainda completou.

– Pretendemos chegar aos oito pontos e bater de frente com os quatro melhores terceiros colocados da competição. Quem sabe pode ocorrer um tropeço na rodadas finais de quem está na frente. Podemos matematicamente tentar a classificação dentro da chave, mas o futebol não é lógica, tem que trabalhar para fazer o resultado – justificou.

Para evitar uma viagem longa e desgastante, a delegação do São Raimundo resolveu vir a Manaus via terrestre. Segundo o treinador, tanto as jogadoras e membros da comissão técnica não vivem exclusivamente do futebol, por isso, tudo é feito com muito esforço.

– Nós tivemos a decisão de viajar de ônibus, porque colocando na balança indo em Brasília e depois retornar seria ruim, enfim, sairia de Manaus apenas dia 3 de maio. As jogadoras e comissão técnica não vivem de futebol, pois é um robby. Temos pessoas que são profissionais em outras áreas e tem seus empregos. Essa decisão, foi para que possamos ter um pouco mais de descanso e um retorno mais breve a Boa Vista – contou.

Outras postagens...

Ex-Bragantino acerta com clube da primeira divisão do Gaúchão

Paulo Rogério

Lista mostra diferença de valores pagos a homens e mulheres no esporte

Paulo Rogério

Mega-Sena acumula e vai pagar R$ 47 milhões no sábado

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol