full screen background image

Adversário do Fast-AM, técnico do Trindade-GO disse que vai surpreender na Copinha

106

Desbancando times tradicionais como Goiás, Vila Nova e Atlético Goianiense, a jovem equipe do Trindade Atlético Clube, será o representante do Estado de Goiás, na Copa São Paulo de Futebol Júnior e adversário do Fast Clube, no grupo 21, ao lado de Bahia e São Bernardo. A competição inicia nessa semana e reúne as melhores equipes da categoria do futebol brasileiro e será acompanhado por dirigentes, agentes, intermediários e olheiros dos principais clubes do país e do futebol mundial.

Da cidade de Trindade, com exclusividade ao PAULOREPORTER, o técnico da equipe do interior de Goiás, Rafael Miranda, estreante na Copinha, conhecido como Tacão, disse que se preparou muito para fazer uma boa campanha e representar bem o futebol goiano.

– É uma grande honra ser a primeira equipe do interior ter sido campeão goiano sub-20. Somos a segunda equipe do interior de Goiás a disputar a Copa São Paulo. Estamos bastante motivados e preparados para fazer uma grande competição e continuar essa história de conquistas inéditas para o clube – disse e ainda comentou o grupo na Copinha.

Treinador do Tacão disse que sua equipe será uma grande surpresa na Copinha (crédito: Fabiano Di Paula)

– É um grupo muito forte, pois tem o Bahia atual vice-campeão da Copa do Brasil e que tem uma equipe muito qualificada e entrosada, pois sofreu apenas duas derrotas no ano passado. O Fast é o atual bicampeão Amazonense e fez uma boa campanha na última Copa SP quase se classificando. O São Bernardo sempre realiza grandes participações na Copinha. É sempre um anfitrião muito difícil de enfrentar, tem uma torcida apaixonada, que sempre acompanha os jogos e tem ainda a questão do campo sintético, que é um fato complicador para as equipes visitantes – comentou.

Num grupo com quatro equipes e tendo o Bahia, considerado o grande favorito a uma das vagas na competição, o comandante do Trindade, disse que a equipe está preparada para lutar por uma classificação, mesmo sendo a primeira participação na Copinha.

– Estamos numa chave equilibrada e acredito que somente na última rodada será definido os classificados. Temos chances igual a todos, pois a Copinha já mostrou muitas equipes consideradas pequenas ganhando dos grandes, principalmente nas primeiras fases. Estamos bastante preparados para ser a grande surpresa desta competição – afirmou.

A meta é realizar uma boa campanha na competição, mas Rafael Miranda, afirma que o trabalho nas categorias básicas do clube é também colher bons frutos na revelação de jogadores que possam integrar o profissional ou até ser aproveitados por outros clubes do futebol brasileiro.

– Com certeza, teremos alguns desses atletas figurando no profissional, pois o projeto aqui do clube é valorizar bastante os atletas da base. Espero que essa Copinha possa mudar completamente para melhor a vida de nossos atletas e do clube, devido a vitrine que a Copa São Paulo proporciona para quem participa.  



EDITOR - Paulo Rogério Veiga, comunicador esportivo, repórter, radialista e agente business de jogadores e treinadores. Contato 55+ (92) 99171-9226 vivo/watsap / 55+ (92) 98193-1304 tim/watsap. Email: pauloreporter@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Leia mais em sobre o editor clicando aqui.