SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSEFUTEBOL NACIONALSÉRIE B

Amazonas desperdiça pênalti, perde para o Operário-PR de 1 a 0 e segue sem vencer fora na Série B do Brasileiro

Foto: Dido Henrique

Com um pênalti perdido, com poucas chances de gols desperdiçadas e sem evoluir em campo, o Amazonas FC continua sua busca de vencer fora de casa, mas sofreu novo revés diante do Operário-PR de 1 a 0, com gol de Rodrigo Rodrigues, ainda no primeiro tempo. O confronto pela 8ª rodada, aconteceu na noite desta segunda-feira (3), no Estádio Germano Kruger, na cidade de Ponta Grossa/PR.

Classificação

Com mais uma derrota, o Amazonas caiu para a 15ª posição, com oito pontos, colado na zona da degola, ficando na frente do Botafogo-SP, que tem sete pontos. Na zona de rebaixamento, tem Ituano e Brusque, ambos com seis pontos, Paysandu, com cinco pontos, e Guarani, com quatro pontos, respectivamente.

Rodada

De volta para casa, o Amazonas encara pela 9ª rodada, o Brusque, que é o 18º colocado, com seis pontos e que precisa da vitória. A partida será no sábado, 8/6, às 16h (17h de Brasília), na Arena da Amazônia, em Manaus. 

Ficha técnica:

Data: 03/06/2024 – segunda-feira

Motivo: Campeonato Brasileiro da Série B – 1ª fase

Jogo: Operário-PR 1×0 Amazonas FC

Local: Estádio Germano Kruger – Ponta Grossa/PR

Horário: 20h (21h de Brasília)

Renda: —

Público pagante: —

Árbitro: Bruno Mota Correia (RJ)

Árbitros Assistentes: Raphael Carlos de Almeida Tavares dos Reis (RJ) e Thayse Marques Fonseca (RJ)

Gol: Rodrigo Rodrigues 34min 1ºt (Operário-PR)

Advertências: Rodrigo Lindoso, Jacy, Índio e Joseph (Operário-PR) e Ezequiel e Diogo Silva (Amazonas FC)

Expulsão: —

Operário-PR: Rafael Santos, Santiago Campos (Pacheco), Willian Machado, Pará, Rodrigo Rodrigues (Marco Antônio), Rodrigo Lindoso (Índio), Joseph, Jacy, Pedro Lucas (Ronald), Maxwell (Guilherme Pira) e Daniel Lima. Técnico: Rafael Guanaes.

Amazonas FC: Marcão, Ezequiel, Iván Alvariño, Diogo Silva, Fabiano, Diego Torres (Matheus Melo), Wendell (Jorge Jiménez), Xavier (Ênio), Matheusinho (Igor Bolt), Matheus Serafim e Sassá (Jô). Técnico: Rafael Lacerda.