Site www.sportsmanaus.com.br full screen background image

Após pressão, Jorginho não resiste e deixa o cargo de técnico do Vasco

67

Da redação do SPORTSMANAUS, com informações do LANCE – David Nascimento – Rio de Janeiro (RJ)

Treinador não resistiu a mais uma derrota – domingo, para o Palmeiras – e foi demitido na noite desta segunda-feira pelo clube após reunião com o presidente Alexandre Campello

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

No fim da noite desta segunda-feira, o técnico Jorginho foi demitido do Vasco. O então treinador não aguentou a pressão após a derrota para o Palmeiras, na noite do último domingo, em São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro. Ele deixa o clube após dez jogos nesta segunda passagem – foram quatro vitórias, um empate e cinco derrotas, sendo quatro delas nos últimos cinco jogos e nenhum ponto conquistado como visitante. A primeira havia ocorrido do segundo semestre de 2015 até o fim de 2016.

Ao lado de Jorginho, deixa o Vasco o preparador físico Joelton Urtiga. A atividade desta terça-feira à tarde, no CT das Vargens, quando o time se reapresenta, será comandada pelo auxiliar-técnico Valdir Bigode. A decisão pela saída do treinador aconteceu após reunião com o presidente Alexandre Campello na noite desta segunda. O mandatário, inclusive, era o único que seguia prestigiando o treinador, mas não conseguiu segurá-lo depois de ser pressionado por outros dirigentes do clube.

Jorginho já vinha sendo contestado no Vasco. Durante o voo de volta ao Rio de Janeiro, o treinador se mostrou abatido e preocupado com a sua situação no cargo. Os sucessivos erros cometidos, além de não conseguir corrigir as falhas da equipe em campo, estavam atrapalhando o trabalho. Junto aos torcedores a sua saída também vinha sendo pedida: a hashtag “#ForaJorginho” ficou entre as mais faladas no Brasil na noite de domingo.

Membros da diretoria já afirmavam nos bastidores que uma derrota no próximo jogo, contra o Ceará, na próxima segunda-feira, provocaria a demissão do treinador, já que a cada dia a pressão aumentava sobre o seu trabalho e apenas o presidente Alexandre Campello o segurava. Ao longo desta segunda, o mandatário do Cruz-Maltino acabou sendo convencido por estes membros da cúpula do clube que era o momento certo de uma mudança para dar tempo de o Vasco se recuperar no Brasileiro.

O Vasco vai a partir desta terça-feira no mercado na busca de um novo treinador para a equipe. O nome de Abel Braga tem força entre a cúpula do futebol cruz-maltino, mas há a ciência da dificuldade em uma negociação já que o treinador afirmou em diversas oportunidades que pretende aceitar trabalhos somente do início – e não a quatro meses de um fim de temporada. O nome de Vanderlei Luxemburgo também foi ventilado nos corredores de São Januário. A chance atual de o auxiliar-técnico Valdir Bigode ser efetivado como treinador é pequena.

Confira a seguir a íntegra da nota oficial do Vasco:

“Jorginho não é mais o técnico do Vasco. A decisão foi tomada em consenso na noite desta segunda-feira (13/08) entre ele e o Presidente Alexandre Campello. Junto com o treinador deixa o Club o preparador físico Joelton Urtiga. Nesta terça-feira (14) à tarde, durante a reapresentação do time no CT das Vargens, a atividade será comandada pelo auxiliar Valdir Bigode.

Nesta segunda passagem pelo Vasco, Jorginho somou quatro vitórias, um empate e cinco derrotas. Atualmente, o time ocupa a 15ª colocação no Campeonato Brasileiro, com 19 pontos e dois jogos a menos na tabela. O Club agradece ao técnico pelos serviços prestados e deseja sorte ao profissional em seu próximo desafio”

Confira a seguir a íntegra da nota oficial do Jorginho:

“Após reunião com a diretoria do Vasco da Gama, chegamos ao consenso de interromper o trabalho neste momento. Aos torcedores, funcionários, atletas, diretoria, em especial ao presidente Alexandre Campello, só tenho o que agradecer por mais esta oportunidade de comandar um dos maiores clubes do mundo. 

Não posso dizer que estou satisfeito com este desfecho, porém preciso entender que o Vasco da Gama passa por um momento político conturbado.

De minha parte, tenho a mais absoluta certeza de que o clube se recuperará no Brasileiro e este elenco tem tudo para alcançar uma posição melhor na classificação. 

Meu agradecimento pela oportunidade e, pela história que tenho no clube, fica minha torcida pela evolução na temporada. Serei sempre um profissional que admira, respeita e torce pelo Club de Regatas Vasco da Gama”



Paulo Rogério/sportsmanaus@gmail.com

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) / +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.