SportsManaus
COPA DO BRASILFUTEBOLFUTEBOL NACIONAL

Botafogo abre vantagem, mas sofre virada do Athletico-PR e sai atrás nas oitavas da Copa do Brasil

Da redação do Sports Manaus, com informações – Lance! – Publicada em 17/05/2023 – 23:37 – Rio de Janeiro (RJ) – Atualizada em 18/05/2023 – 01:18

Glorioso desperdiça chance de conquistar uma vitória diante do Furacão na Arena da Baixada

Foto: Vítor Silva/ Botafogo

Athletico-PR e Botafogo protagonizaram um duelo de fortes emoções na noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada. O Glorioso abriu 2 a 0 com Tiquinho Soares e Luis Henrique, mas viu um Furacão avassalador na segunda etapa virar com Vitor Roque, Vitor Bueno e Fernandinho. O jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil terminou 3 a 2 para a equipe rubro-negra.

PÊNALTI?

A partida começou com uma polêmica logo no primeiro lance de jogo. Di Placido derrubou Christian dentro da área e Leandro Pedro Vuaden foi acionado pelo VAR para avaliar se teria existido uma suposta infração na jogada. O árbitro, no entanto, não enxergou uma penalidade no ataque rubro-negro e permaneceu com sua decisão de campo.

PROPOSTA DOS TIMES

O Athletico-PR começou com mais volume de jogo e quase marcou com Pablo e Vitor Roque de fora da área nos minutos iniciais do primeiro tempo. O Botafogo tentava construir contra-ataques em velocidade, mas tinha dificuldades no último passe.

GOLS RELÂMPAGOS

O Glorioso, que estava pouco criativo dentro de campo, conseguiu aproveitar as oportunidades que teve. Após uma cobrança de escanteio de Lucas Fernandes, Thiago Heleno afastou de cabeça e Tiquinho, bem posicionado na sobra, chutou colocado no canto esquerdo, sem chances para Bento.

Logo depois do gol, Luis Henrique recebeu pelo lado esquerdo, chutou de fora da área e balançou as redes rubro-negras. O Furacão, abalado depois de sofrer dois gols em sequência, não teve ânimo para criar oportunidades de perigo no fim do primeiro tempo.

REAÇÃO DO FURACÃO

A equipe rubro-negra voltou com uma diferente postura no segundo tempo e diminui o placar aos dez minutos. Após cobrança de escanteio e desvio de Madson, Vitor Roque estufou as redes. O Athletico-PR continuou empurrando os defensores alvinegros para trás depois do gol feito e conseguiu chegar ao empate após um belo chute de fora da área de Vitor Bueno.

Depois do empate, os comandados de Paulo de Turra continuaram indo em busca do ataque. O Botafogo tentava construir ataques em velocidade pelos lados com Junior Santos e Victor Sá, mas não tinha criatividade nas ações ofensivas. Aos 37 minutos do segundo tempo, Vitor Bueno cobrou uma falta e Fernandinho cabeceou de forma precisa no fundo das redes, conseguindo uma virada importante na Arena da Baixada.

O Furacão ficou perto de marcar novamente com Fernandinho, mas Lucas Perri fez uma boa defesa. O jogo terminou 3 a 2 para equipe rubro-negra. Com este resultado, o Athletico-PR joga por um empate no jogo de volta para ficar com a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Vitória do Alvinegro por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis. Para se classificar direto, os cariocas precisam vencer por dois ou mais gols de vantagem.

NOTA FICHA – ATHLETICO-PR 3 X 2 BOTAFOGO

Estádio: Arena da Baixada (Curitiba)

Data e Horário: 17 de maio, às 21h30

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Cartões Amarelos: Fernandinho (ATH) e Gabriel Pires e Victor Cuesta (BOT)

Gols: Tiquinho Soares, 39’/1°T (0-1), Luis Henrique, 41’/1°T (0-2), Vitor Roque, 10’/2°T (1-2), Vitor Bueno, 16’/2°T (2-2) e Fernandinho 36’/2°T (3-2).

ATHLETICO-PR (Técnico: Paulo Turra)

Bento; Khellven (Madson – intervalo), Zé Ivaldo, Thiago Heleno, Fernando, Fernandinho, Erick (Alex Santana, 21/2°T), Christian (Vitor Bueno – intervalo), Canobbio (Cuello, 35/2°T), Pablo (Willian Bigode, 24’/2°T) e Vitor Roque.

BOTAFOGO (Técnico: Luís Castro)

Lucas Perri; Di Plácido, Adryelson, Víctor Cuesta e Hugo; Tchê Tchê, Lucas Fernandes (Eduardo, 14/2°T) e Gabriel Pires (Marlon Freitas, 14/2°T); Júnior Santos, Luis Henrique (Victor Sá, 14/2°T) e Tiquinho Soares.

 

 

Outras postagens...

Jogando fora de casa, Manaus perde para o Paysandu-PA pela Série C

Paulo Rogério

Na volta pela Copa do Brasil Sub-17, Fast Clube vence o Andirá-AC e aguarda o próximo adversário

Paulo Rogério

Com dois gols, Ocimar é um dos destaques do Librade no Amazonense Sub-20 e diz: “Me sinto como uma referência”

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...