full screen background image

Com 28 a 12, Dissica Tomaz é reeleito a presidência da FAF, mas candidato da oposição promete ir à justiça

667

Foto: Antônio Assis/FAF

Com placar de 28 a 12, o atual presidente da Federação Amazonense de Futebol (FAF), Dissica Valério Tomaz, da chapa “O trabalho continua”, há 28 anos no cargo, foi o vencedor da eleição a presidência da entidade. A votação ocorreu na tarde desta sexta-feira, 27/4, no auditório Antônio Prudente da Costa, da federação, no centro da cidade. A chapa “Futebol com dignidade”, do ex-dirigente do Nacional Borbense e São Raimundo, Mário Ivan, foi o único adversário.

Dos 15 clubes profissionais, apenas Penarol, Fast Clube e São Raimundo votaram no candidato da oposição. Já o presidente reeleito, obteve votos de Nacional, Rio Negro, Tarumã, Manaus, Holanda, Princesa do Solimões e CDC Manicoré, além da maioria das Ligas Esportivas. O novo mandato de Dissica Valério Tomaz, inicia dia 1º de janeiro e vai até 31 de dezembro de 2022, somando no total 32 anos na entidade máxima do futebol amazonense.

Natural da cidade de Eirunepé, Dissica Valério Tomaz, de 65 anos, vai cumprir mais um mandato de quatro anos a frente da federação. Para ele, as reclamações sobre qualquer situação que tenha prejudicado o candidato da oposição, não tem sentido.

– Se existiu uma eleição mais transparente do que essa, não tenho conhecimento. Nós tiramos o Cliper Clube, que tinha assinado minha chapa, porque detectamos algo errado. Tiramos também uma Liga para não votar, com total de 32, por não ter participado da edição da Copa dos Rios – disse e aproveitou para explicar ao SPORTSMANAUS, sobre a opção do voto aberto, em vez de fechado.

– A parte do voto aberto ou fechado na eleição, a assembleia ordinária de aprovação de contas é uma coisa, e aprovaram. Já a assembleia geral e eletiva é outra coisa. Na eletiva, é permitido colocar para o plenário o voto fechado ou aberto, foi isso que foi feito e está no estatuto, não foi invenção de agora, mas isso tem há 15 anos, e não é de agora. Teve um momento que vim na frente da mesa, para pedir que fosse voto fechado, só não fiz, porque já estava em processo, mas iria pedir para ser fechado, porque tinha consciência dos companheiros que tenho fieis e parceiros.

Indignação

Visivelmente decepcionado e irritado, o candidato da oposição, Mário Ivan, afirmou que os votos a favor da atual gestão mostra que os dirigentes aprovam o atual presidente ao longos desses anos. Para ele, tudo foi muito armado para que sua candidatura não tivesse êxito.

– O que vi hoje foi um grande teatro e um grande circo por descumprimento do estatuto, tanto o secretário como o presidente da mesa descumpriram totalmente o estatuto. O voto aberto não é democracia, voto fechado é democracia, é o direito da livre escolha. Vou recorrer, porque a Liga de Manaquiri assinou uma prestação de contas como apta e aprovou uma conta, porém, não pode votar, porque está sem CNPJ. Manaquiri participou da Copa dos Rios de 2016, 2017 e está inscrito em 2018, e assinou a ata de aprovação da prestação de contas do presidente. Vou recorrer, entrando na justiça, pedindo cancelamento desta aprovação em virtude da irregularidade de Manaquiri – lamentou, mas agradeceu os que acreditaram em sua candidatura.

– Me apoiaram Fast Clube, minha gratidão, São Raimundo e Penarol somente. Se o voto não fosse aberto e não tivesse armado um grande circo e teatro dentro da federação, eu teria vencido. Acredito que os 12 votos que tive são homens de verdade, os outros não posso falar. Tanto se prega a mudança necessária no futebol, todos combinam e comungam com as mudanças, mas na hora que tem o direito de escolher e de mudar, acontece o grande teatro que vi hoje. É uma aberração as ligas ter o mesmo peso dos clubes profissionais, como Nacional e Rio Negro. Agora eu agradeço os 12 homens sérios que depositaram confiança no meu nome.



Paulo Rogério/sportsmanaus@gmail.com

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) / +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


comentários em “Com 28 a 12, Dissica Tomaz é reeleito a presidência da FAF, mas candidato da oposição promete ir à justiça

  1. Celso Coelho

    Ė Ė Ė Ė Ė ĖĖ

    GGGOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLL

    DO MESMICE FUTEBOL CLUBE.

    PARA A GRANDEZA E CRESCIMENTO DO FUTEBOL AMAZONENSE. O PRESIDENTE QUE ESTÁ NO CARGO A 28 ANOS. Ė REELEITO PRESIDENTE DA FAF.

    POBRE FUTEBOL DO AMAZONAS.

  2. Celso Coelho

    Ė Ė Ė Ė Ė ĖĖ
    GGGGGGGGGOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLL
    LLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL!!!!!!!……
    .
    DO MESMICE FUTEBOL CLUBE.

    PARA A GRANDEZA E CRESCIMENTO DO FUTEBOL AMAZONENSE. O PRESIDENTE QUE ESTÁ NO CARGO A 28 ANOS. Ė REELEITO PRESIDENTE DA FAF.

    POBRE FUTEBOL DO AMAZONAS.

Os comentários estão fechados.