SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Com a base de jogadores locais, Nacional apresenta elenco para disputa da Copa Verde

Com a pré-temporada em andamento, a diretoria do Nacional apresentou oficialmente o elenco para disputa da Copa Verde de 2019, na tarde desta terça-feira, 2/7, no Centro de Treinamento (CT) Barbosa Filho, zona Leste da cidade. No total, 20 jogadores fazem parte do elenco, entre os que disputaram o estadual, vindos de outros clubes locais e fora do estado, mas a maioria oriundos do futebol amazonense.

O Leão da Vila Municipal terá dois jogos contra o Humaitá-AC na primeira fase. O primeiro jogo será dia 24 de julho fora de casa. A partida que decide a vaga será dia 31 de julho, jogando na capital amazonense. O classificado do confronto vai enfrentar o Paysandu, na segunda fase da Copa Verde.

De acordo com presidente do Nacional, Nazareno Pereira de Melo, o clube volta as suas origens ao priorizar a base formada por jogadores do futebol amazonense para Copa Verde.

– Pedi que preservasse mais os jogadores locais, pois na história do Nacional para quem conhece sempre teve seis, sete ou oito jogadores no elenco que atuavam no estadual e até na do Copa do Brasil. Tínhamos essa necessidade de colocar de novo jogadores do Amazonas em evidencia, e é isso que preservamos de quem se destacou para disputar a Copa Verde – explicou.

Com o mesmo pensamento do mandatário do Naça, o treinador Aderbal Lana, disse ao SportsManaus, que é importante valorizar a base que atuou na temporada pelo clube, além de outros jogadores locais e alguns reforços vindos de fora para completar o grupo.

– A gente conseguiu montar rapidamente um bom elenco, jovem, sendo a maioria jogadores amazonenses que se destacaram em outras equipes, como Fast, Rio Negro e Princesa. Trouxemos cinco jogadores que aceitaram aquilo que podemos pagar no momento, onde o grupo está formado, muito forte e agora é trabalhar para conseguir resultados – disse Lana.

Com passagem pelo infantil e juniores do Nacional, o zagueiro Guigui, de 23 anos,

volta ao Naça depois de atuar ano passado no regional. Campeão pelo Fast da Copa Amazonas em 2016 e Amazonense um ano depois, o jogador chega para Copa Verde para somar na competição.

– Fico feliz pela oportunidade de estar vestindo a camisa do Nacional novamente, e é uma honra, até porque é um clube que tenho um carinho muito grande e respeito. O Nacional é um clube que abriu as portas para mim, chego para somar e ajudar da melhor forma possível. É uma competição difícil e tem uma visibilidade para nós jogadores novos, venho aqui para ajudar da melhor forma possível – finalizou.

Outras postagens...

Sul América encerra preparação para a Copa MSR de base e com estreia na quarta-feira, 21/7, no RJ

Paulo Rogério

Sem dificuldades, Manaus vence o estreante JC, na abertura do Campeonato Amazonense 2021

Paulo Rogério

Anunciado como gerente de futebol do Fast, Olavo Dantas começa a traçar seu planejamento para Série D

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol