SportsManaus
NOTÍCIAS

Com gol contra de brasileiro, Senegal bate Polônia na estreia

Da redação do SPORTSMANAUS, com informações da GAZETA ESPORTIVA

Foto: Getty Images 

De volta à Copa do Mundo após 16 anos, Senegal estreou na Rússia de maneira bem-sucedida durante a tarde desta terça-feira. Em falhas da defesa polonesa, o time comandado pelo ex-meio-campista Aliou Cissé ganhou por 2 a 1 no Estádio do Spartak.

O Senegal saiu na frente em um gol contra marcado pelo brasileiro Thiago Cionek e aumentou por meio de Mbaye Niang. Grzegorz Krychowiak descontou. Com três pontos ganhos, a seleção africana divide a ponta do Grupo H com o Japão, que mais cedo bateu a Colômbia pelo mesmo placar.

Pela segunda rodada, às 12 horas (de Brasília) deste domingo, Senegal volta a campo para disputar a liderança isolada da chave com os japoneses, em Ecaterimburgo. Às 15 horas do mesmo dia, na Arena Kazan, a Polônia tenta a recuperação contra a Colômbia.

O Jogo – O confronto entre Polônia e Senegal não teve muitas emoções durante a etapa inicial. A equipe europeia manteve a posse de bola na maior parte do tempo, mas, sem objetividade, não conseguiu criar oportunidades de gol e ainda acabou vazada pelo adversário africano.

O Senegal inaugurou o marcador aos 37 minutos do primeiro tempo. O meio-campista Idrissa Gana Gueye recebeu na entrada da área e bateu. Na tentativa de interceptar o chute, o zagueiro Thiago Cionek, nascido em Curitiba, matou o goleiro Wojciech Szczesny.

O centroavante Robert Lewandowski, maior artilheiro da história da Polônia, foi bem marcado pela defesa senegalesa, formada pelos gigantes Salif Sané (1,96m) e Kalidou Koulibaly (1,95m). Assim, o goleiro Khadim N’Diaye praticamente não teve trabalho.

A Polônia voltou acesa para o segundo tempo e, logo aos cinco minutos, Sané recebeu cartão amarelo por falta sobre Lewandowski nas imediações da grande área. Na cobrança, o próprio centroavante do Bayern de Munique bateu para defesa de N’Diaye.

Aos 15 minutos, o Senegal acabou com a empolgação polonesa em mais uma falha da defesa rival. Após recuo do meio de campo de Grzegorz Krychowiak, Jan Bednarek bateu cabeça com o goleiro Szczesny e Mbaye Niang se antecipou para marcar. Os europeus reclamaram, já que o atacante havia acabado de voltar ao campo.

A Polônia ainda conseguiu diminuir a diferença cinco minutos antes do fim do tempo regulamentar. Após cobrança de falta na grande área, Krychowiak cabeceou com sucesso. Por suspeita de impedimento, o lance foi analisado pelos árbitros de vídeo e confirmado como legal.

FICHA TÉCNICA
POLÔNIA 1 x 2 SENEGAL

Local: Estádio Spartak, em Moscou (Rússia)
Data: 19 de junho de 2018 (Terça-feira)
Horário: 12 horas (de Brasília)
Árbitro: Shukralla (Bahrein)
Assistentes: Tulefat Yaser (Bahrein) e Al Marri Taleb (Catar)
Cartões amarelos: Krychowiak (POL); Sané, Gueye (SEN)
Gol:
POLÔNIA:
 Krychowiak, aos 40 minutos do 2º Tempo

SENEGAL: Cionek (contra), aos 37 minutos do 1º Tempo, e Niang, aos 15 minutos do 2º Tempo

POLÔNIA: Szczesny; Piszczek (Bereszynski), Cionek, Pazdan e Rybus; Blaszczykowski (Bednarek), Krychowiak, Zielinski e Grosicki; Milik (Kownacki) e Lewandowski
Técnico: Adam Nawalka

SENEGAL: N’Diaye; Wagué, Koulibaly, Sané e Sabaly; Mane, N’Diaye (Kouyaté), Gueye e Ismaila; Diouf (N’Doye) e Niang (Konaté)
Técnico: Aliou Cissé

Outras postagens...

Após viralizar mundialmente, árbitra Fernanda Colombo recebe proposta indecente

Paulo Rogério

Clubes manifestam pesar com morte do jornalista Ricardo Boechat

Paulo Rogério

Por dívida da União, Justiça Federal certifica penhora de São Januário

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol