full screen background image

Com gol no final, Princesa-AM empata com Gurupi-TO e precisa vencer no jogo da volta pela Série D

129

Com um gol sofrido no final da partida, o Princesa do Solimões deixou escapar a vitória e empatou com Gurupi-TO em 3 a 3, no primeiro jogo da segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D. O confronto ocorreu na tarde deste domingo, 9/7, no Estádio Gilberto Mestrinho, o Gilbertão, na cidade de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus). Com resultado, o Tubarão do Norte precisa de uma simples vitória para se classificar. A partida de volta, será no próximo domingo, 16/7, no Estádio Gilberto Resende, no interior de Tocantins. Os gols do Princesa foram marcados por Branco e Weverton (2). Já para o Gurupi, assinalaram Régis, Bruno Morais e Rafael Sayão.

Visivelmente irritado, o técnico do Princesa, Alberone Souza, disse que mais uma vez o time pecou pelos vacilos cometidos durante a partida, mas o empate em casa não significa que tudo está perdido.

“Infelizmente volto a frisar, tomamos dois gols de falhas, erros individuais, e isso custou caro no finalzinho da partida. O Princesa joga para frente, nós chegamos com três, quatro ou cinco jogadores no ataque. O jogo com Gurupi, vamos ter que ganhar, mas acredito que está aberto, pois as duas equipes terão que trabalhar muito para conseguir a classificação”, disse ao SPORTS MANAUS.

Treinador do Princesa lamentou os erros cometidos durante a partida (crédito: Lissandro Windson/FAF)

Goleador isolado da Série D, agora com oitos gols, o atacante Weverton, que marcou mais dois na competição, lamentou o gol sofrido no final da partida. Para ele, o Princesa tem tudo para lutar pela vaga no jogo de volta.

“Não esperávamos levar esse gol no final, mas acho que não tem nada resolvido. Vamos treinar para ver o que o professor tem para falar durante a semana. Sabemos que temos condições de ganhar lá dentro da casa deles. O jogo não será fácil, mas temos qualidade. Nó próximo jogo, os gols vão entrar, mas nossa zaga deixou a desejar em alguns momentos”, reclamou no final.

Apesar do empate praticamente no apito final do árbitro, o treinador do Gurupi, Wladimir Araújo, confessou que a meta era sair com três pontos para volta, mas disse que o resultado foi bom para decidir a vaga em casa.

“Esse empate no final foi importante, mas nós viemos para ganhar o jogo. Saímos na frente e ficamos por duas vezes em vantagem no placar, mas devido aos nossos erros acabamos levando a virada. O grupo está de parabéns, apesar dos erros individuais, nós conseguimos um resultado significativo”, contou.

Wladimir Araújo afirmou que o empate foi importante, mas a meta era sair com três pontos em Manacapuru (crédito: Paulo Rogério)

Jogo

Mal iniciou o jogo, o Princesa levou o primeiro susto. Aos quatro minutos, Regis pela direita toca por cima do goleiro para marcar, 1 a 0. Com gol sofrido, a equipe ficou desestabilizada em campo, enquanto, o time tocantinense ficou na pressão em cima do seu adversário.

Com gol sofrido, o Princesa saiu ao ataque em busca do resultado. Aos 19 minutos, pela esquerda Randerson toca para Getúlio, que vai para linha de fundo e cruza para Branco fazer o movimento de cabeça e colocar no canto esquerdo do goleiro, 1 a 1.

Depois do gol, o Tubarão do Norte se animou e fez pressão em cima do Gurupi. Aos 21 minutos, Branco de frente para gol chuta e o goleiro defende uma bola perigosa. Aos 37 minutos, falta perigosa para o Princesa. Na cobrança, Weverton cobra  no canto direito, a bola bate na trave e não entra.

No início do segundo tempo, o Princesa iniciou em cima do adversário. Aos quatro minutos, pela esquerda Weverton cobra tiro de canto e a bola sobra para Baé, que chuta na pequena área por cima do gol. Aos sete minutos, em jogada individual pela meia esquerda, Bruno Morais dribla o zagueiro de canhota coloca no canto direito do goleiro, 2 a 1.

Weverton mais uma vez foi decisivo com dois gols marcados, mas agora goleador da Série D, com oitos gols (crédito: Paulo Rogério)

Aos 10 minutos, bola lançada na área para Toro, que é derrubado por Marcelo Lanza. Um minuto depois, Weverton cobra para empatar, 2 a 2. Aos 19 minutos, pela direita Getúlio cruza de pé trocado na grande área e Branco de cabeça quase marcou.

A situação do Princesa ficou pior, depois da expulsão de Toro, que recebeu o segundo armário e na sequencia o vermelho. Aos 34 minutos, jogada de Hamilton e Weverton chuta, mas o gorjeio pratica defesa parcial e a bola entra para fundo da meta, 3 a 2. Depois de perder alguns lances, aos 46 minutos, pela esqueda Rafael Sayão chuta no canto esquerdo para empatar, 3 a 3.

Ficha técnica:

Jogo: Princesa do Solimões x Gurupi-TO

Motivo: Campeonato Brasileiro da Série D

Local: Estádio Gilberto Mestrinho, o Gilbertão – Manacapuru/AM

Horário: 16h

Árbitro: Carlos Ronne Casas de Paiva (AC)

Árbitros assistentes: Rener Santos de Carvalho (AC) e Jean Carlos Rodrigues da Silva (AC)

Renda: R$ 5.850,00

Público pagante: 580

Princesa: Raisce, Clemilton (Gelvane), Baé, Eric, Getúlio, Rafael (Hamilton), Toro, Randerson, Wander, Branco e Weverton. Técnico: Alberone Souza.

Gurupi-TO: Welder Aurora, Apodi, Bruno Teixeira, Willian Feijão, Marcelo Lanza, Paulista, António Flávio, Ederson, Bruno Morais, Régis e Batata. Técnico: Wladimir Araújo.



EDITOR - Paulo Rogério Veiga, comunicador esportivo, repórter, radialista e agente business de jogadores e treinadores. Contato 55+ (92) 99171-9226 vivo/watsap / 55+ (92) 98193-1304 tim/watsap. Email: pauloreporter@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Leia mais em sobre o editor clicando aqui.