SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL NACIONAL SÉRIE A

Com golaço de Michael, Flamengo busca virada contra a Chapecoense e volta a vencer no Brasileiro

Da Redação do Sports Manaus, com informações – LANCE! – 11/07/2021 – 20:11 – Rio de Janeiro (RJ)

Rubro-Negro sai atrás do placar após falha de Diego Alves, mas conta com gols de Arrascaeta e Michael para conquistar 3 pontos. Renato Gaúcho assiste ao jogo no Maraca

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Na primeira partida após a saída de Rogério Ceni, o Flamengo enfim voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Sob comando de Maurício Souza, o Rubro-Negro saiu atrás do placar no Maracanã, mas buscou uma virada relâmpago e venceu a Chapecoense por 2 a 1, neste domingo. Os gols foram marcados por Perotti, para os catarinenses, e Arrascaeta e Michael, para o clube carioca. 

TABELA E AGENDA

Com o resultado, o Flamengo chega aos 15 pontos, salta cinco posições e assume a oitava colocação do Campeonato Brasileiro. A equipe volta a campo na próxima quarta-feira para enfrentar o Defensa y Justicia, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores, em Buenos Aires. Será a estreia de Renato Gaúcho no comando rubro-negro.

FLA DOMINA, MAS NÃO PRESSIONA

Pressionado pelas duas derrotas consecutivas, o Flamengo entrou em campo com mudanças e enfrentou uma Chapecoense com a proposta defensiva muito clara. Com uma linha de cinco defensores, o time catarinense buscou anular o jogo do Rubro-Negro por dentro e cumpriu bem o objetivo na primeira etapa.

O Flamengo manteve o domínio total da posse de bola, mas teve dificuldades em impor uma pressão e criar chances de gol. As melhores jogadas saíram quando Everton Ribeiro e Isla aceleram pelo lado direito, e Rodrigo Muniz desperdiçou uma boa oportunidade para abrir o placar.

DIEGO ALVES COMEÇA COMO HERÓI…

Apesar do controle da posse de bola pelo Flamengo, foi a Chapecoense quem teve a melhor chance de balançar as redes no primeiro tempo. Após erro grave de Léo Pereira na saída de bola, Fabinho recebeu passe e saiu na cara do gol. O atacante chutou firme na saída de Diego Alves, mas parou em grande defesa do goleiro rubro-negro.

… E VIRA O VILÃO

Com intensidade maior, o Flamengo até ensaiou uma melhora no início do segundo tempo e levou perigo com cabeçadas de Pedro e Gustavo Henrique. A equipe, no entanto, foi castigada por uma falha fatal de Diego Alves aos 21 minutos da etapa final. Em cobrança de falta rasteira de Busanello, o goleiro não encaixou e deu rebote para Perotti apenas empurrar para as redes.

ARRASCAETA E MICHAEL DECIDEM PARA O FLA

Atrás do placar, o Flamengo fez mudanças no meio-campo e viu a Chapecoense ficar ainda mais na defensiva. Michael teve boa oportunidade de empatar, mas parou em João Paulo. Em seguida, aos 32′, Arrascaeta igualou o placar para o Rubro-Negro. Após cruzamento de Isla, Pedro não dominou e a bola sobrou para o meia uruguaio finalizar de primeira no contra-pé do goleiro.

Apenas quatro minutos depois, o Flamengo chegou à virada com Michael. Após receber passe de Pedro, o atacante relembrou os tempos de Goiás e passou por três adversários (incluindo o goleiro) antes de completar paras as redes e marcar o gol da vitória rubro-negra.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 X 1 CHAPECOENSE – 11ª rodada do Brasileirão

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data e hora: 11 de julho de 2021, às 18h15

Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli (MG)

​Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)

Árbitro de vídeo: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Gramado: Razoável

Cartões amarelos: Léo Pereira, Arrascaeta e Vitinho (FLA) / Busanello, Fernandinho e Anselmo Ramon (CHA)

Cartões vermelhos: –

GOLS: Perotti, 21’/2ºT (0-1); Arrascaeta, 32’/2ºT (1-1); Michael, 36’/2ºT (2-1)

FLAMENGO (Técnico: Mauricio Souza)

Diego Alves, Isla (Matheuzinho, 42’/2ºT), Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Thiago Maia (Vitinho, 25’/2ºT), Everton Ribeiro, Arrascaeta (Piris da Motta, 42’/2ºT); Muniz (Michael, 0’/2ºT) e Pedro.

CHAPECOENSE (Técnico: Jair Ventura)

João Paulo; Matheus Ribeiro, Ignácio, Felipe Santana, Derlan e Busanello (Tiago Coser, 29’/2ºT); Lima (Geuvânio, 37’/2ºT) e Anderson Leite; Fabinho (Kaio Nunes, 17’/2ºT), Fernandinho (Foguinho, 17’/2ºT) e Anselmo Ramon (Perotti, 17’/2ºT).

 

Outras postagens...

Com dois a mais, Flamengo vence Inter e abre na liderança do Brasileiro

Paulo Rogério

“Quem falar em data vai errar”, diz Presidente da Comissão de Médicos da CBF sobre possível volta do Brasileirão

Paulo Rogério

Santos empata sem gols com Bahia, na Vila, em estreia de Carille

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol