full screen background image

Com público de 36 mil pessoas, Seleção Brasileira realiza primeiro treino, na Arena da Amazônia

99

Sob um forte calor e alta temperatura, mesmo com horário adiado para 18h (19h de Brasília), mas com a presença de um público de pouco mais de 36 mil pessoas, a Seleção Brasileira realizou seu primeiro treino na Arena da Amazônia, neste sábado, 2/9, visando o jogo com a Colômbia, pela 16ª rodada das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo da Rússia 2018. O Brasil, já garantiu sua vaga no mundial em primeiro lugar, com 36 pontos, faltando três rodadas para o término da fase classificatória.

Os jogadores foram divididos em dois grupos para o trabalho com treinador Tite, sendo um técnico e tático. Uma parte teve um trabalho especifico numa determinada área do campo, enquanto outros jogadores alongamento e outros como Neymar, Gabriel de Jesus, Casemiro, Daniel Alves, Paulinho e William ficaram separadamente batendo bola e depois fizeram uma pequena corrida no entorno da Arena.

Felipe Luis será o substituto de Marcelo suspenso pelo terceiro cartão amarelo (crédito: Paulo Rogério)

Substituto direto do lateral esquerdo Marcelo, que levou o terceiro cartão amarelo na vitória contra o Equador por 2 a 0, na última rodada, o jogador do Atlético de Madrid, Felipe Luís, disse ao SPORTSMANAUS, que toda chance é muito bem vinda, porque a concorrência dentro no elenco para garantir a presença na Copa do Mundo é grande.

– Todo jogador quer jogar, e o treinador conseguiu fazer que alguns jogadores, como Thiago Silva, e no meu caso, a consciência que vamos ajudar o outro. Todas as vezes que foi necessário, fui escolhido, mas não é fácil, porque cada vez é mais complicado ser convocado. A concorrência é sempre maior. Isso faz com que eu e o Marcelo, tenha que jogar melhor, pois temos que estar vencendo e fazendo boas partidas. Sei que cada dia é muito complicado, por isso temos que ficar sempre atentos para garantir um lugar dentro da equipe – alertou.

Neymar fez um trabalho a parte com alguns jogadores do time Canarinho (crédito: Paulo Rogério)

Emoção

Quem conseguiu a troca do ingresso por 1kg de alimento não perecível teve a chance de assistir ao treino dos craques brasileiros. Uma dessas pessoas, foi a autônoma Taysa da Silva Souza, 24, que não pensou duas vezes ao fazer a troca por dois motivos: ajudar quem precisa e ver os jogadores de perto.

– Troquei o alimento pelo ingresso, mas não me arrependi, porque é a primeira vez que assisti um treino do Brasil. Para mim é uma chance maravilhosa, pois só vejo esses jogadores pela televisão.   



EDITOR - Paulo Rogério Veiga, comunicador esportivo, repórter, radialista e agente business de jogadores e treinadores. Contato 55+ (92) 99171-9226 vivo/watsap / 55+ (92) 98193-1304 tim/watsap. Email: pauloreporter@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Leia mais em sobre o editor clicando aqui.