SportsManaus
ESPORTE AMADOR

Com show de pai e filho, Nova União conquista Copa América de Jiu-Jítsu Esportivo 2019

Da redação do SportsManaus, com informações da Assessoria de Comunicação

Foto: Emanuel Mendes Siqueira 

A mais tradicional equipe de jiu-jítsu do Amazonas voltou a brilhar no cenário esportivo local. Desta vez o grupo liderado por Nonato Machado chegou ao topo da Copa América de Jiu-Jítsu Esportivo 2019, realizada neste sábado, 30 de março, no ginásio Bergão, na Zona Oeste de Manaus.

De acordo com o representante da Federação Amazonense de Jítsu Esportivo (FAJJE), Akel Freitas, o pódio por equipes foi completado pela Cia Amazonense, liderada por Rigoney Júnior, e o Club Pina, academia que tem a matriz no bairro do Japiim e é dirigida por Mestre Pina. A Copa América também teve uma disputa coletiva por municípios, na qual Manacapuru levou o primeiro lugar, deixando Itacoatiara e Tefé na segunda e terceira colocações, respectivamente.

Na cerimônia de premiação, o faixa preta Wendel “Casqueta” Lima recebeu o troféu destinado à equipe campeã, representando o líder do grupo, Nonato Machado. A Nova União disputou a Copa América com um total de 197 atletas e o resultado mostrou o fortalecimento do processo de retomada da parceria entre a matriz e as filiais da agremiação no Estado.

Medalhas em família

O título da Nova União foi uma conquista coletiva, entretanto, é importante destacar algumas curiosidades dos atletas da equipe durante a competição. Foi o caso do faixa marrom e lutador de MMA Wendell “Boizinho” Silva, que conquistou a medalha de prata no peso pena (duas categorias acima da sua), e viu seu filho Icaro “Lilinho”, de apenas 7 anos, ser campeão de sua categoria entre os faixas brancas. Ambos os atletas representaram o projeto social WL, que é filial da Nova União e funciona no Conjunto Shangrilá, no Parque Dez, Zona Centro-Sul de Manaus.

– Estou muito feliz pelo resultado da Nova União na Copa América, mas especialmente pela história do pai e filho que representaram a WL na competição. O Boizinho dispensa comentários, pois é um grande atleta tanto no jiu-jítsu quanto no MMA e sempre representou muito bem o Amazonas. E agora tem o Lilinho, que desde os dois anos está na academia conosco, acompanhando os treinos e sentindo o ambiente de lutador. Hoje ele é uma promessa do nosso esporte – comentou o professor Casqueta, líder da WL.

Campeões por equipes da Copa América da FAJJE 2019:

Capital:

1º – Nova União

2º – Cia Amazonense

3º – Club Pina

Interior:

1º – Manacapuru

2º – Itacoatiara

3º – Tefé

Outras postagens...

Boxe: Esquiva Falcão arrasa adversário e segue invicto com 28 vitórias

Paulo Rogério

Com duas finais e 4 vagas olímpicas, saltos ornamentais do Brasil tem resultado histórico na Copa do Mundo

Paulo Rogério

Atletismo: delegação brasileira em Tóquio será a 2ª maior na história

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol