SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Com tabu quebrado, Manaus vence Remo-PA pela Copa Verde, na Arena da Amazônia

O Manaus fez história em sua primeira competição nacional, além de quebrar um tabu de quatro anos e quatorze jogos sem vitória diante dos times paraenses, pela Copa Verde. O Gavião do Norte venceu o Remo por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, na Arena da Amazônia, em Manaus. Os gols do Manaus foram marcados por Hamilton e Rossini. A partida de volta será em Belém, com data, local e horário a ser definido pela CBF.

De acordo com treinador Wladimir Araújo, o resultado foi muito bom, mas alertou de que nada está definido, pois ainda falta a partida fora de casa.

– A equipe se portou bem, a consistência foi boa, bem condicionado, nós estamos no caminho certo. Não ganhamos nada ainda, mas tem que respeitar muito nosso adversário. O grupo foi bem, o que perdemos no CDC, hoje (quarta-feira) concluímos em gols. Estão todos de parabéns, porque foi uma grande partida.

Com passagem pelo Paysandu, quando foi campeão estadual, o meia-atacante Rossini, marcou o segundo gol e ficou feliz pelo resultado em campo.

– Quero agradecer por fazer parte da história do Manaus nessa primeira vitória em âmbito nacional. Cada jogo é uma história, no Amazonense somos líderes de nossa chave. Fizemos um bom resultado para jogo em Belém, jogar pela nossa classificação.

O meia Adenilson lamentou o resultado final, mas acredita que a partida pelo Parazão no final de semana, pode ter contribuído para desgaste excessivo do grupo.

– Isso acontece e faz parte de qualquer jogo. Sabíamos que era uma partida difícil, mas tem ainda um próximo jogo. Vamos esperar como a equipe vai se impor – finalizou ao SPORTSMANAUS.

Ficha técnica:

Jogo: Manaus 2×0 Remo

Motivo: Copa Verde / 1ª fase / jogo de ida

Local: Arena da Amazônia

Horário: 20h

Renda: R$ 16.440,00

Público pagante: 1.692

Árbitro: Valdicleuson Silva da Costa (AP)

Árbitros assistentes: Inácio Barreto da Câmara e Robert Soares dos Santos Junior (AP)

Manaus: Jonathan, Tiago Granja (Átila), Paulão, Deurick, Zada, Panda, Juninho, Cleitinho (Romarinho), Hamilton (Wander), Nena e Rossini. Técnico: Wladimir Araújo.

Remo: Vinicius, Levy, Mímica, Bruno Maia, Esquerdinha, Geandro, Felipe Marques, Leandro Basilia (Felipe Recife), Adenilson (Jefferson Recife), Isac e Fernandes (Jayme). Técnico: Nei da Mata.

Outras postagens...

Série D 2021: Fast estreia em casa com Ypiranga-AP e Penarol aguarda seu adversário da seletiva

Paulo Rogério

Em jogo movimentado, Rio Negro vence CDC Manicoré e garante vaga na próxima fase do Amazonense

Paulo Rogério

Na final do AM, Manaus supera Nacional e joga por um empate para ser campeão Estadual

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol