SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Com três derrotas na Série D, técnico do Independente-PA pretende surpreender o Fast, em Manaus

Foto: Divulgação 

Último colocado e com três derrotas, o Independente-PA não sabe ainda o que vencer, mas promete virar esse panorama começando no jogo com o Fast Clube, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série D. O jogo ocorre neste domingo, 4/10, às 18h (19h de Brasília), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da cidade. O Tricolor de Aço de líder caiu para quarta colocação, com quatro pontos, depois da derrota para o Bragantino-PA por 3 a 1, na rodada anterior.

Com passagem por Princesa do Solimões e Iranduba no futebol amazonense, o técnico Charles Guerreiro, afirmou que o Galo tem tudo para conseguir um bom resultado e virar esse jogo da equipe na competição.

– Temos esse compromisso com o Fast fora de casa. É uma equipe muito forte, tem um treinador muito competente, que é o Lecheva. A gente sabe que vamos encontrar dificuldades, mas de repente é uma competição que os times estão jogando fora de casa e conseguindo sucesso. Por exemplo, aconteceu com a gente, onde fomos surpreendidos dentro de casa pelo Galvez-AC e Ji-Paraná-RO. Nós temos que tentar reverter essa situação em Manaus – comentou ao SPORTS MANAUS.

Charles Guerreiro disse que o time apesar dos resultados, vem mostrando bom futebol (Foto; Divulgação)

Apesar dos resultados negativos, Guerreiro, disse que isso não mostra a realidade do da equipe em campo mostrando outra realidade bem diferente. Para ele, o elenco reúne condições para conquistar sua primeira vitória, mesmo sendo fora de casa.

– Temos que recomeçar, rever toda essa situação que fizemos em três jogos e com três derrotas. Apesar disso, a equipe está jogando um futebol ofensivo. Em dois jogos perdemos atletas em cada jogo. O time com onze é difícil, imagina com dez. Acho que faltou um pouco mais de comprometimento e responsabilidade, além da perda de gols. Nós estamos criando, jogando bem, mas infelizmente não está entrando a bola – disse.

De acordo com o treinador do Independente, o momento do time no campeonato tem uma explicação, mas que poderia ter sido diferente, se não fosse o longo período de paralisação, devido a Covid-19.

– Houve uma demora na montagem do time, sem contar a situação de alguns atletas ter pego o vírus no momento dessa pandemia que estamos vivendo. Tivemos também a demora muito grande da gente chegar e fizemos com um pouco de atraso para montar o elenco. Temos algumas contratações que estamos vendo para tentar dar a volta por cima – justificou Charles Guerreiro.

Outras postagens...

Em casa, Fast Clube vence Bragantino-PA, volta a liderança e garante vaga na próxima fase da Série D

Paulo Rogério

Com atuação apática, Nacional vence Operário e fica em segundo no Campeonato Amazonense

Paulo Rogério

No clássico Rio-Nal, Nacional vence a primeira, bate o Rio Negro e garante vaga no mata-mata do Amazonense

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...