SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Cruzeiro procura reabilitação diante do Iranduba pelo Brasileiro Feminino

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Depois da goleada em casa para o Palmeiras por 5 a 0, o Cruzeiro só pensa na recuperação no Campeonato Brasileiro Feminino A1. As meninas da Raposa encaram o Iranduba, pela quinta rodada, neste sábado, 14/3, às 16h (17h de Brasília), no Estádio Carlos Zamith, zona Leste de Manaus. O Cruzeiro ocupa a 12ª colocação na tabela, com seis pontos, tendo duas vitórias e duas derrotas na competição.

De Belo Horizonte, o jovem treinador Jorge Victor, de apenas 26 anos, assumindo o comando esse ano, mas com passagem no sub-15 e sub-17 do Pampulha, afirmou que a ordem é esquecer a última partida e buscar o resultado no final de semana, em Manaus.

– Sim, esse é um jogo muito importante para equipe se recuperar, mesmo jogando fora de casa. Um dos grandes problemas contra o Palmeiras foi ter perdido sua identidade de jogo nos momentos de pressão. Quando fomos pressionados, perdemos nossa identidade e isso foi um dos motivos que causou a nossa derrota, além do mérito do Palmeiras. Além disso, tem a recuperação na tabela, que é muito importante, mesmo jogando fora de casa – comentou Jorge ao Sports Manaus, mas disse que espera uma partida complicada com time amazonense.

Treinador disse que o Iranduba é um time rápido (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

– Sobre as dificuldades de enfrentar o Iranduba, não só pelos resultados anteriores de vitórias fora de casa e derrotas fora em casa, mas primeiro pelo clube que é o Iranduba e sua história no cenário do futebol feminino de permanência na Série A1 durante esses anos, bem como também alcançando semifinais e decidindo campeonato. É um clube forte na história do futebol feminino, e por conta disso, trará uma dificuldade natural para nossa equipe – disse.

Ciente da qualidade do adversário, o jovem treinador da Raposa, afirmou que teve a chance de assistir de perto o Iranduba, quando jogou em São Paulo pelo Campeonato Brasileiro. Para ele, a equipe mostra bons recursos, em especial algumas jogadoras que precisam de uma atenção maior.

– As informações que tenho do Iranduba foram de ter assistido contra o Santos, na época quando fomos enfrentar o Santos para entender melhor a equipe santista. Vimos um time que tem alguns destaques individuais, como atacante Erica, que teve méritos nas primeiras rodadas, assim como foi contra o Santos e outras jogadoras que tem uma estrutura similar ao que utilizamos aqui. O Iranduba é um time rápido com algumas jogadoras de bastante velocidade. Elas vão jogar empolgada também pela última vitória, querendo em casa dar uma satisfação a torcida – alertou.

Por conta de inúmeros problemas, o Cruzeiro vem passando por uma imensa crise financeira no futebol brasileiro. Para o técnico Jorge Victor, o time feminino consegue driblar as dificuldades e caminhar para conquistar seu espaço dentro da Raposa.

– Com relação a situação financeira do Cruzeiro é do clube no geral é delicada, porém, mesmo com todas essas dificuldades o clube tem vivido, e tem investido no futebol feminino, haja vista nós tivemos uma boa qualificação do elenco, uma valorização dos profissionais e das atletas que continuam do ano passado e a busca de novas atletas de bom nível. O clube tem olhado para o futebol feminino e tem investido – comemorou.

Outras postagens...

De olho na Copinha, Holanda vence Tarumã e conquista o Amazonense Sub-21

Paulo Rogério

Com gol de pênalti, Manaus vence Jacuipense-BA e volta a liderança do grupo A na Série C

Paulo Rogério

Com bola na trave e gols perdidos, a Escola do Santos Manaus empata com São Raimundo pelo Amazonense Sub-11

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol