SportsManaus
NOTÍCIAS

Depois de empatar no tempo normal, Brusque vence o Manaus nos pênaltis e conquista o título da Série D

Foto: Mauro Neto/ Sejel

O sonho do futebol amazonense de ser campeão pela primeira vez do futebol brasileiro foi adiado. Com quase 45 mil espectadores e recorde de público na Arena da Amazônia, quem fez a festa foi o Brusque-SC. Depois de empatar no tempo normal, o Quadricolor venceu na cobrança de penalidades por 6 a 5 o Manaus, e conquistou o título do Brasileiro da Série D. O jogo de volta da final ocorreu na tarde deste domingo, 18/8, na capital amazonense.

O Bruscão abriu o marcador logo no início, com o goleador Júnior Pirambu, com um minuto de jogo. Não demorou muito e Sávio, depois de receber um passe de cabeça, também uso a cabeça para empatar, 1 a 1. No segundo tempo, tiro de canto pela esquerda e Mateus Oliveira de cabeça virou para o Gavião do Norte, 2 a 1. Aos 37 minutos, Thiago Alagoano do Brusce recebe sozinho na grande área e marca e empata, 2 a 2.

Nas cobranças de penalidades, empate na cinco cobranças para cada lado, mas nas alternadas, pelo Manaus Márcio chutou por cima da meta e o goleiro José Carlos, do Brusque, fuzilou para fazer 6 a 5 e decretar o título para o time catarinense.

 Ficha técnica:

Jogo:  Manaus (5) 2×2 (6) Brusque-SC

Motivo: Campeonato Brasileiro da Série D / Final / Jogo de volta  

Local: Arena da Amazônia – Manaus/AM

Horário: 15h (16h de Brasília)

Público presente: 44.896 / Presente pagante: 36.215

Renda: R$ 1.192.010,00

Árbitro:  Edina Alves Batista (FIFA / SP)

Árbitros Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

Gol: Sávio 8min 1ºt e Mateus Oliveira 14min 2ºt (Manaus) e Júnior Pirambu 2min 2ºt e Thiago Alagoano 37min 2ºt (Brusque)

Advertências: Jeferson Renan, Airton e Magrão (Brusque) e Sávio (Manaus)

Manaus: Jonathan, Igor, Spice, Martony, Sávio (Vitinho), Derlan, Panda, Dolem (Charles), Evair (Márcio), Vandinho e Mateus Oliveira. Técnico: Welington Fajardo.

Brusque-SC: Zé Carlos, Edilson, Cleitão, Magrão, Airton, Ruan, Thiago Alagoano, Fio (Leilson), Júnior Pirambu (Vinicius) e Jeferson Renan (Thiago Henrique). Técnico: Waguinho Dias.

Outras postagens...

Filipe Luís e Flamengo têm acordo muito bem encaminhado

Paulo Rogério

UFC aponta 6 brasileiros que vão dar show e chegar perto do cinturão em 2021

Paulo Rogério

Moto E: Granado vence a primeira na temporada com ultrapassagem no fim

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol