SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Dirigente do Manaus afirma após conselho técnico da CBF: “É se manter na Série C”

Foto: Arquivo pessoal 

O Manaus já conhece seus adversários no Campeonato Brasileiro da Série C. A definição aconteceu na tarde desta segunda-feira, 2/3, por ocasião do conselho técnico com os representantes das equipes na sede da CBF. Na oportunidade, foi divulgado o calendário de jogos com total de 20 equipes, divididos em grupos A e B.

A primeira rodada será entre 2 e 3 de maio, com termino da primeira fase, no dia 20 de setembro. Se classificam os quatro melhores do grupo A e B. Depois disso, as equipes cruzam na segunda fase no grupo 1 e 2, de acordo com a classificação obtida na fase anterior do primeiro ao quarto lugar.

O presidente do Manaus, Luís Mitoso e o vice-presidente, Giovanni Alves, participaram da reunião, juntos com dirigentes das outras equipes participantes da Série C. De acordo com Giovanni Alves, a meta inicial é se manter na divisão e não voltar para Série D.

– O nosso pensamento em primeiro lugar, e a gente não tem que negar isso, com pé no chão é se manter na Série C. Depois disso, se nivelando com os demais clubes dentro da competição e lutar por uma vaga para ficar entre os quatro melhores. A competição mudou a fase decisiva, não é mais mata-mata, agora será quadrangular. Eu e o presidente Mitoso acordamos isso e votamos a favor – disse Giovanni, mas com pensamento voltado em uma vaga na fase final do campeonato.

– A gente não é favorito, tem um monte de favoritos na nossa chave, mas vamos entrar pensando em si manter e fazer um trabalho para isso. Dentro da competição, vamos buscar nossos espaços. Com um bom trabalho, com os pês no chão, fazendo as coisas certas, vamos lutar para conseguir a vaga no quadrangular. Se classificando, vamos mostrar competência e com a força da nossa torcida, tenho a absoluta certeza, vamos conseguir o acesso para Série B de 2021.

De acordo com dirigente do Gavião do Norte, com a mudança do formato na fase final da Série C, ele considera que todos tem chances do acesso, em vez de uma partida eliminatória.

– A gente entende que, para nós também vai ser três chances. Mas quando se trata de mata-mata só tem uma chance. É um tiro fora e outro em casa, além de contar com a sorte e competência também. De repente, esse quadrangular abre um leque de opções de 50% da equipe buscar a vaga para Série B. A gente está confiando no trabalho que vem fazendo, confia na nossa comissão técnica e jogadores – justificou o dirigente do Gavião do Norte.

Outras postagens...

Arrasador, Manaus goleia Fast por 4 a 0 e conquista o bicampeonato na Arena da Amazônia

Paulo Rogério

Com uma equipe jovem e regional, Rio Negro apresenta elenco para o Campeonato Amazonense

Paulo Rogério

Fast Clube trabalha na revitalização do Gramado do CT da ULBRA antes da “pré- temporada” para série–D do Brasileirão 2020

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol