Em nova vitória, Manaus passa pelo Nacional e decide pela quinta vez consecutiva o estadual

283

Foto: João Normando / FAF

Deu a lógica e não foi diferente, em razão da melhor campanha realizada durante toda temporada até agora. O Manaus venceu o Nacional por 3 a 1, no jogo de volta pela semifinal do Campeonato Amazonense, na tarde deste sábado, na Arena da Amazônia. Com o resultado, o Gavião do Norte vai para sua quinta final consecutiva, em oito anos de fundação do clube, celebrado na quarta-feira (5/5). Com o resultado, o Manaus vai disputar a Copa do Brasil e a Copa Verde de 2022. No primeiro jogo da semi, o Gavião havia vencido o Naça por 3 a 0.

Finalista do estadual, o Manaus vai agora lutar pelo tetracampeonato, O resultado beneficiou o Amazonas, que ficou pelas quartas de final, mas será o representante no Campeonato Brasileiro da Série D ano que vem, devido a segunda melhor campanha na primeira fase do Amazonense, de acordo com o regulamento da competição.  

Jogo

Mesmo com uma ampla vantagem, o Manaus marcou em cima seu adversário e pressionou no início da partida. Aos sete minutos, o primeiro lance de perigo foi do Gavião do Norte. Anderson Paraíba tocou na direita para Vanilson, que cruzou muito alto e não aproveitou uma boa jogada que poderia ter saído o primeiro gol.

Aos nove minutos, o Gavião cruzou pela esquerda, o zagueiro Varane subiu com Assis e colocou a mão na bola na grande área. O árbitro marcou pênalti contra o Naça. Aos 11 minutos, Vanilson bateu rasteiro no canto direito e apesar do goleiro Adrian na bola, mas não deu para evitar, 1 a 0. 

Após o gol, houve um lance polêmico no ataque do Nacional. Aos 13 minutos, Vitinho pela direita tenta a jogada e o zagueiro Thiago Spice na disputa da bola, o jogador azulino cai. Houve uma reclamação geral dos jogadores do Naça pedindo a marcação do pênalti, mas o árbitro mandou seguir a jogada. 

Em uma jogada rápida pela direita, aos 22 minutos, Edvan serviu na área para Vanilson sozinho, mas acabou tocando com muito preciosismo no canto esquerdo do goleiro Adrian e perdeu o segundo gol. 

Na sequência, aos 20 minutos, o Naça teve a chance de marcar o gol de empate. Vitinho recebe uma bola na área, faz o giro em cima da zaga e chuta de canhota no canto direito do Gavião com perigo.

O Nacional fez uma pressão e conseguiu um erro na saída do Manaus. Após receber um passe, Jones de frente para meta chuta, mas o goleiro Gleibson espalma, e na sequência o ataque do Naça não aproveitou o rebote.

No final do primeiro tempo, aos 49 minutos, Marcelo cruza pela direita na área, o zagueiro Luís Fernando tira a bola e sobra para Thiago Spice, que cabeceia para linha de fundo para evitar a chegada do jogador azulino.

O segundo tempo era tudo ou nada para o Nacional de conseguir um verdadeiro milagre, enquanto, o Manaus apenas jogou para confirmar sua presença na grande final do campeonato. 

A situação do Naça ficou mais complicada ainda. Aos 12 minutos, Assis deslocado pela direita cobra falta e o zagueiro Thiago Spice aparece de surpresa sozinho no segundo pau para ampliar de cabeça, 2 a 0. 

Aos 17 minutos, o Gavião por pouco não marcou o terceiro gol. Diego Rossa pegou a bola e arrancou de frente para a meta e chutou, mas em cima do goleiro Adrian do Leão da Vila Municipal.  

Em seguida, aos 18 minutos, o Naça chegou ao seu primeiro gol. Guto cobra tiro de canto na área e Antony subiu mais alto que a zaga do Gavião e descontou, 2 a 1.

O Naça saiu muito para o ataque para tentar uma reação praticamente impossível  e ficou aberto para seu adversário. Aos 25 minutos, o Gavião arma um contra-ataque com Marcelinho que passa para Philip. O jogador domina na área, passa pelo goleiro Adrian e amplia o marcador, 3 a 0. 

Ficha técnica:

Dia: 08/05/2021 – Sábado 

Jogo: Manaus 3×1 Nacional 

Motivo: Campeonato Amazonense de 2021 – Semifinal / Jogo de volta 

Local: Arena da Amazônia – Manaus/AM

Horário: 16h (17h de Brasília)

Renda: —

Público pagante: —

Árbitro: Weden Cardoso Gomes

Árbitros Assistentes: Alexsandro Lira de Alexandre e Noélia Chaves da Paixão

Gols: Vanilson 11min 1ºt, Thiago Spice 12min 2ºt e Philip 25min 2ºt (Manaus) e Antony 18min 2ºt (Nacional).

Advertências: Jones, Baé, Romão e Leozinho (Nacional) e Anderson Paraíba, Gabriel Davis e Assis (Manaus)

Expulsão: —

Manaus: Gleibson, Edvan (Guilherme Amorim), Luís Fernando (Márcio Passos), Thiago Spice, Assis, Vinícius Barba (Gilson), Gabriel Davis (Marcelinho), Erivélton (Philip), Anderson Paraíba, Diego Rosa e Vanilson.  Técnico: Luizinho Lopes.

Nacional: Adrian, Marcelo, Cris (Antony), Varane, Baé, Romão, Vitinho (Guto), Roberto (Bruno), Jones, Renatinho (Rafinha) e Leozinho (Max). Técnico: Alan George.

 



I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.