SportsManaus
ESPORTE AMADOR

Em sua segunda São Silvestre, amazonense busca baixar seu tempo de 15km em SP

Foto: Divulgação 

Para participar da 95ª Corrida Internacional de São Silvestre, o amazonense Amaro Júnior, 60 anos, já se encontra em São Paulo. O objetivo é bater sua própria marca de pouco mais de duas horas ano passado, em 15km de percurso. Graduado em administração e comunicação social, o corredor se apaixonou pela modalidade, quando começou a correr 5km e 10km, mas principalmente quando percorreu a Meia Maratona de São Paulo, com 21 km.

Da capital paulista, Amaro Júnior, afirmou ao Sports Manaus, que sua meta é superar os próprios limites do corpo e reduzir o máximo possível seu tempo na corrida. Segundo ele, toda preparação foi realizada para alcançar esse índice.

– A minha expectativa maior é baixar meu tempo. Ano passado como foi a minha estreia e não tinha corrido antes com tanta gente, fiz a prova com total de pouco mais de 2h. Esse ano pretendo baixar meu tempo e terminar os 15km, entre 1h35min e 1h40min – disse, mas ainda completou.

– A preparação para São Silvestre se faz em dois ou três meses no máximo. Foram dois treinos por semana e reforço muscular para suportar a carga da prova. A corrida de rua é uma prova de alto impacto, exige muito de qualquer corredor, não interessa se for de 5, 10, 15 ou 30 km – comentou Amaro.

Em sua segunda participação na tradicional corrida de rua, Amaro Júnior, além do amor pelo esporte, em busca de uma vida saudável, afirmou que tem a prova é disputada por amante de todas as partes do país.

– Ano passado fiquei surpreso com o número de corredores. A prova é ótima, muito bem organizada, porque é uma festa. A São Silvestre se resume numa festa dos amantes de corrida de rua. A minha expectativa, é que a prova seja tão boa ou mais como foi ano passado. Esse ano são 35 mil corredores. A organização teve que aumentar o número de participantes, devido a procura – citou, mas destacou.

– Ano passado eu vim com cinco dias de antecedência e esse ano repeti, já que deu certo. Essa antecedência tem um motivo de relaxar, conhecer um pouco mais São Paulo, e é claro como todo bom corredor que ama e leva a sério o esporte, de fazer um treino para ver a temperatura. São Paulo é bem menos quente que Manaus, com um clima agradável. Esse ano vamos largar mais cedo, porque não tem horário de verão – concluiu.

Outras postagens...

Isaquias Queiroz e Erlon Souza avaliam treinos em Minas Gerais

Paulo Rogério

Jungle Classic Jiu-Jítsu divulga card para a 4ª edição do evento

Paulo Rogério

Darlan Romani é ouro no arremesso de peso nos JMM

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol