full screen background image

Falta de prestígio da CBF na Fifa pode ter afetado Seleção

37

Da redação do SPORTSMANAUS, com informações do TERRA ESPORTES – Silvio Barsetti

Foto: Toru Hanai / Reuters

O gol irregular da Suíça no empate (1 a 1) da estreia do Brasil na Copa do Mundo, a não marcação de pelo menos um pênalti a favor da Seleção no jogo desta sexta (6) com a Bélgica e a cumplicidade da arbitragem com jogadores que caçaram Neymar em campo durante todo o Mundial expuseram uma situação de total desprestígio do comando do futebol brasileiro. Envolvida em escândalos de corrupção nos últimos anos, a CBF não tem poder na Fifa, nem o mínimo suficiente para evitar que prejudiquem a Seleção.

Com um presidente que mais parece uma figura decorativa, o coronel Antônio Nunes, e com um presidente eleito que só vai tomar posse em 2019, Rogério Caboclo, a CBF colhe os espinhos dos últimos anos, nos quais teve um presidente, Marco Polo Del Nero, impedido de deixar o Brasil por receio de ser preso. Em 2015, ele foi indiciado por crimes de corrupção pela justiça dos EUA, mas continuou no cargo da CBF e só saiu de lá ao ser banido do esporte pela Fifa no início de 2018.

Antes, com Ricardo Teixeira – também indiciado pelos norte-americanos em 2015 por corrupção -, a Seleção não teve nenhum lance polêmico em Mundial, que lhe fosse desfavorável, marcado pela arbitragem. O dirigente chegou a ser do comitê executivo da Fifa e da comissão de arbitragem da entidade e trabalhava nos bastidores pela Seleção. Ele saiu da CBF em 2012, quando renunciou ao cargo diante de uma série de acusações de que cometera desvios na confederação.

Numa conversa com a reportagem do Terra, no início de 2015, Teixeira disse que, com ele na CBF, jamais a Seleção passaria pelo vexame dos 7 a 1 da Alemanha, no Mundial de 2014.



Paulo Rogério/sportsmanaus@gmail.com

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) / +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.