Fifa pede ‘bom senso’ às competições e não punição a atletas e clubes em manifestações antirracistas

38

Da redação do Sports Manaus, com informações do FOX Sports

Segundo informações da agência de notícias AP, a Fifa pediu às entidades que façam uso do melhor julgamento antes de punirem atletas e clubes por manifestações antirracistas

Foto: Martin Meissner / POOL / AFP 

Motivo de comoção em boa parte do mundo e de protestos contra o racismo nos Estados Unidos, o caso George Floyd chegou também ao mundo do futebol. Na última segunda-feira (2 de junho), segundo informações obtidas pela agência de notícias AP, a Fifa pediu às organizações que usem do bom senso e não punam clubes ou atletas que aderirem aos protestos antirracistas com atitudes em campo. 

“A Fifa entende totalmente a intensidade dos sentimentos e preocupações expressadas por muitos jogadores à luz das trágicas circunstâncias do caso George Floyd. A aplicação das leis do jogo aprovadas pela International Board (que proíbem manifestações políticas em jogos de futebol) fica a critério dos organizadores das competições, que deveriam usar o bom senso e considerar o contexto que envolve os eventos”, disse a Fifa, de acordo com a AP.

No último final de semana, quatro atletas demonstraram indignação e protestaram contra o racismo após a morte de George Floyd. Foram eles: Marcus Thuram, do Borussia Mönchengladbach; Jadon Sancho e Achraf Hakimi, ambos do Borussia Dortmund; e Weston McKennie, do Schalke 04. 

O único que não está sob ‘processo administrativo’ é Thuram, uma vez que teve o protesto encarado como algo ‘normal’, já que apenas se ajoelhou no gramado. Os demais trouxeram dizeres nas camisetas abaixo do uniforme. McKennie utilizou uma braçadeira em homenagem a George Floyd. 

A Federação Alemã de Futebol publicou ainda uma nota que informa que a entidade decidirá qual punição será adequada para os atletas que trouxeram informes antirracistas como forma de solidariedade.



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.