Flamengo empata com o Peñarol e se classifica em primeiro

130

Da redação do SportsManaus, com informações da Gazeta Press – Rio de Janeiro, RJ 

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Mesmo com um jogador a menos em boa parte do segundo tempo, o Flamengo segurou o empate em 0 a 0 com o Peñarol-URU e conquistou a classificação para as oitavas de final da Libertadores. Com o resultado obtido em Montevidéu nesta quarta-feira, os rubro-negros terminaram o grupo D na liderança, com 10 pontos. Já os uruguaios, com a mesma pontuação, estão fora da competição.

Como a LDU-EQU venceu por 4 a 0 o San José-BOL, em Quito, os equatorianos conquistaram a segunda vaga do grupo pelos critérios de desempate. O Peñarol vai ter que se contentar em disputar a Sul-Americana.

O jogo – O Flamengo não deixou Peñarol pressionar e logo com um minuto quase abriu o placar. Em avanço rápido, Arrascaeta deixou Gabigol de frente para Dawson. No entanto, o atacante tentou tirar do goleiro e mandou pela linha de fundo. O Peñarol tinha dificuldade em passar pela marcação rubro-negra. Tanto que a resposta uruguaia veio aos sete, em chute de fora da área de Brian Rodríguez.

Os cariocas não sofriam com o Peñarol, que tinha mais posse de bola, e ainda assustavam nos contra-ataques. O Flamengo teve nova chance de marcar aos 16 minutos. Éverton Ribeiro tabelou com Gabigol e cruzou rasteiro para a pequena área. Bruno Henrique se jogou para tentar a finalização, mas viu a bola passar direto. Depois, foi a vez de Gabigol ser lançado e chutar próximo ao gol.

Com o passar do tempo, os vistantes equilibraram na posse de bola e passaram a chegar com mais intensidade ao ataque. O Flamengo teve duas boas chances de marcar com Bruno Henrique e Willian Arão. O atacante desviou a bola em dividida no alto com o goleiro e viu a bola ir pela linha de fundo. O volante chutou cruzado e não contou com nenhum toque para empurrar para a rede.

Nos minutos finais, os rubro-negros continuaram melhores em campo e ainda desperdiçaram mais duas oportunidades nos acréscimos. Gabigol sozinho da intermediária, mas chutou fraco, em cima de Dawson. Em seguida, Willian Arão cruzou e Bruno Henrique não conseguiu alcançar a bola para mandar para a rede. Assim, o duelo permaneceu empatado até o intervalo.

O segundo tempo começou equilibrado, com as duas equipes em busca do ataque. O Peñarol assustou primeiro em chute de Brian Rodríguez, mas o Flamengo respondeu em seguida com Arrascaeta. O uruguaio recebeu passe na área, mas chutou em cima de Dawson.

Os rubro-negros seguiram desperdiçando boas oportunidades e aos dez minutos, Gabigol recebeu na entrada da área e finalizou para grande defesa de Dawson, que salvou o gol com o pé. Só que os donos da casa quase fizeram em seguida. Após cruzamento, a bola bateu em René e ia em direção do gol. No entanto, Léo Duarte apareceu para salvar os cariocas.

A situação mudou para o Flamengo aos 18 minutos, quando ficou com um jogador a menos. Pará fez falta em Brian Rodríguez e recebeu o segundo cartão amarelo. Na cobrança da falta, Cristian Rodríguez cabeceou com perigo.

Com a vantagem em campo, o Peñarol passou a pressionar o Flamengo. Os uruguaios quase marcaram aos 24 minutos. Giovanni González aproveitou falha da zaga e chutou cruzado, muito perto do gol de César.

Aos poucos, os rubro-negros se acalmaram em campo e melhoraram a marcação. Com isso, os uruguaios pararam de chegar próximos do gol. Nos minutos finais, o Flamengo soube conter uma possível pressão dos donos da casa e ainda desperdiçaram chance incrível com Vitinho. O atacante foi lançado e, de frente para Dawson, chutou em cima do goleiro. Já nos acréscimos, Giovanni González foi expulso e foi o golpe final para a classificação flamenguista em Montevidéu.

FICHA TÉCNICA
PEÑAROL 0 X 0 FLAMENGO

Local: Estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu (Uruguai)
Data: 8 de maio de 2019 (Quarta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Roberto Tobar (Chile)
Assistentes: José Retamal (Chile) e Cláudio Ríos (Chile)
Cartões vermelhos: Giovanni González (Peñarol); Pará (Flamengo)

PEÑAROL: Kevin Dawson, Giovanni González, Fabricio Formiliano (Trindade), Cristian Lema e Lucas Hernández; Walter Gargano (Canobbio), Guzmán Pereira e Cristian Rodríguez; Brian Rodríguez, Darwin Núñez (Gabriel Fernández) e Viatri
Técnico: Diego López

FLAMENGO: César, Pará, Rodrigo Caio, Léo Duarte e Renê; Gustavo Cuéllar, Willian Arão, Everton Ribeiro e De Arrascaeta (Vitinho); Bruno Henrique (Rodinei) e Gabigol (Diego)
Técnico: Abel Braga



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.