full screen background image

Flamengo garante Maracanã ‘pronto’ para a Libertadores e ganha ‘fôlego’ para terminar arena

72

Da redação dos SPORTS MANAUS, com informações do ESPORTE INTERATIVO

Clube precisa “arrumar a casa” em pouco mais de uma semana para receber o San Lorenzo, no dia 8. Enquanto isso, tenta finalizar obras no Luso-Brasileiro

O acerto pontual com o Maracanã para a estreia na Copa Libertadores, contra o San Lorenzo, no próximo dia 8 de março, foi comemorado pelos torcedores, mas faz o Flamengo correr contra o tempo. O Rubro-Negro precisa fazer uma “faxina geral” no estádio, que vai das arquibancadas até o gramado. Sobre o palco do jogo, o clube lembrou da volta de 2016, o jogo contra o Corinthians, em outubro, para garantir boas condições.

– A mesma pergunta foi feita para nós antes daquele jogo contra o Corinthians. Com buraco no meio do campo, que foi amplamente fotografado e nós já tínhamos as análises juntos as empresas, para fazer as adequações e hoje diria que o Flamengo já tem um conhecimento maior daquela ocasião para organizar o jogos. Pelas nossas avaliações, vamos ter o Maracanã em condições para o jogo contra o San Lorenzo, assim como teve em boas condições contra o Corinthians”, disse à Fox Sports o diretor-geral Fred Luz, que revelou parceria com a empresa Greenleaf, mesma responsável pelos gramados do Ninho do Urubu e da Arena da Ilha.

– Temos uma parceria muito forte com a Greenleaf, eles cuidam de todo os gramados do Flamengo e hoje também da Portuguesa. Já vínhamos conversando com eles sobre todo esse processo. (…) Eles estão nos dando muita segurança de que o gramado estará em excelentes condições para esse jogo”.

Maracanã dá ‘sobrevida’ para obra na Ilha

O acerto com o Maracanã deu outra boa notícia ao Flamengo: o “fôlego” para terminar as obras no estádio Luso-Brasileiro, a Arena da Ilha, antes previsto para o fim de fevereiro. No fim do prazo, o Rubro-Negro vê complicações que poderiam, antes, complicar a estreia na Libertadores no Rio de Janeiro.

– Começamos a construção no início de janeiro e tivemos que refazer um estádio inteiro. Não estamos fazendo um estádio para um só jogo, são para três anos, com opção de renovação por mais três. Obras dessa magnitude sempre têm alguns imprevistos, mas não tem nada de anormal”, disse Fred Luz.



EDITOR - Paulo Rogério Veiga, comunicador esportivo, repórter, radialista e agente business de jogadores e treinadores. Contato 55+ (92) 99171-9226 vivo/watsap / 55+ (92) 98193-1304 tim/watsap. Email: pauloreporter@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Leia mais em sobre o editor clicando aqui.