SportsManaus
FUTEBOL FUTEBOL AMAZONENSE

Há poucos dias da estreia no Amazonense, técnico do JC admite: “A nossa luta é para não ser rebaixado”

Técnico Fernando Lage assumiu a pouco dias o comando do Tigre do Norte para a temporada deste ano

Foto: Reprodução / Facebook

Há 11 dias de sua estreia no Campeonato Amazonense da Série A, o JC iniciou sua pré-temporada nesta segunda-feira (17), contando com pouco tempo de preparação, mas apostando no esforço e dedicação da comissão técnica para ajustar o elenco para a temporada deste ano. O primeiro compromisso do Tigre do Norte será diante do Nacional, que fez um grande investimento, em busca do título. A partida de estreia será na quinta-feira, 17/1, às 15h30 (16h30 de Brasília), na Arena da Amazônia.  

Contando com 23 jogadores e sem grandes contratações, o técnico português, Fernando Lage, vai comandar pela primeira vez o time masculino, já que foi o treinador do feminino no Campeonato Brasileiro Feminino A2. Sem ignorar a realidade, ele afirmou que a principal meta é não cair de divisão.

– Neste momento a nossa grande luta é para não ser rebaixado, porque estamos trabalhando há pouco dias e a competição é semana que vem. Não temos tempo hábil para apresentar muita coisa nos primeiros dois jogos, mas a partir da terceira e quarta rodada, podemos lutar com mais qualidade para obtermos nosso objetivo de se manter na primeira divisão – comentou ao SPORTS MANAUS, mas ainda citou.

– Nosso grupo é bastante novo ainda é muito desconhecido. Vai ser um trabalho muito difícil de apresentar, por conta do tempo que nós temos. Vamos tentar fazer o melhor possível, e fugir do rebaixamento, mas na medida que o campeonato for avançando a gente poder apresentar uma evolução. Essa vai ser a nossa grande meta – concluiu.

Com a participação grande de clubes e com quatro equipes sendo rebaixadas, além do investimento de alguns times, Fernando Lage, se mostra preocupa não apenas com o tempo curto de preparação, mas o nível técnico que o campeonato tende a apresentar nos jogos.

– Esta competição vai ser extremamente difícil, por conta do tiro curto, onde não vai margem para erros e vou ter pouco tempo de treinamento para corrigir alguma coisa e apresentar algo melhor dentro de campo. Acredito que será um dos bons campeonatos, já realizado nos últimos anos – disse, mas lembrou.

– Tem clubes que são favoritos, por conta do investimento e pela posição no ranking da CBF de alguns clubes, e logicamente dos campeonatos nacionais que vão disputar, mas tem clubes que se reforçaram e outros novos também que querem mostrar seu potencial, mas vejo que será um campeonato bastante interessante – finalizou o comandante português.

 

Outras postagens...

“A gente espera suprir”, diz diretor do São Raimundo sobre bloqueio, em jogo da Copa do Brasil 2022

Paulo Rogério

Complicou! Flamengo abre boa vantagem, mas ‘apaga’ no 2º tempo, e Athletico empata no fim

Paulo Rogério

Manaus massacra Ji-Paraná-RO e joga com Atlético-AC nas oitavas de final da Copa Verde

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol