SportsManaus
NOTÍCIAS

Jesus revela ligação da CBF antes da convocação e afirma não estar ‘bravo’ por não ser lembrado

Da redação do SPORTSMANAUS, com informações da ESPN.com.br

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Gabriel Jesus diz não estar bravo. Esquecido na convocação da seleção brasileira para os amistosos de setembro contra EUA (dia 7) e El Salvador (dia 11), o jogador revelou à ESPN, ainda no Etihad Stadium, após a vitória sobre o Huddersfiled, que recebeu ligação da CBF antes de ser deixado fora da lista.

Autor do segundo gol na goleada por 6 a 1, Jesus disse que não estava “bravo”.

– Ligaram, me ligaram minutos antes da convocação, me avisaram. Fiquei contente pela ligação, mas lógico que não fiquei contente com a não-convocação, isso é óbvio. Eu sempre quero estar jogando aqui, pelo meu país. Não fiquei contente, mas não é porque não fiquei contente que estou bravo com alguém de lá. Muito pelo contrário – disse o jogador.

O jogador preferiu não revelar o que foi conversado.

– O que eles me falaram fica entre a gente, não tenho que ficar falando. Fiquei contente com a ligação – disse. Gabriel afirma não ter se abalado.

– Agora é continuar trabalhando forte, igual eu sempre fiz, para buscar meu caminho, minha oportunidade de volta. Eu sei bem que se trata de seleção brasileira, hoje também aceito que jogadores têm que ter oportunidades – disse ele, antes de elogiar Roberto Firmino, seu reserva na Rússia e provável titular nos amistosos

– Se o Tite e a comissão optaram por dar oportunidades a quem está jogando – como Firmino, que está fazendo um belo trabalho desde a temporada passada -, estou bem tranquilo para recuperar meu espaço – assegura.

Indagado sobre a sinceridade com que avaliou seu desempenho na Rússia, o camisa 33 do Manchester United voltou a dizer que se decepcionou consigo mesmo.

– Eu sou bem sincero, quando se trata de mim, vou sempre responder o que acho e o que penso. Eu acho que não fiz uma Copa como eu esperava, todo mundo esperava, que é fazer gol. O que eu estava lá para fazer, infelizmente não consegui fazer. Tratando-se de 9 da seleção brasileira em uma Copa do Mundo, não tem o que falar, tem que fazer – disse.

O atacante também negou que tenha comemorado o gol no jogo contra o Huddersfiled, de modo tão efusivo, com o intuito de desabafar contra a fase ruim.

– Eu tentei, sempre vou tentar fazer o gol. Antes (do gol), tive duas finalizações. Comemorei normal, não tem alívio, não existe isso de alívio comigo – afirmou.

– Hoje consegui jogar, com e sem a bola. Fiquei muito feliz pelo jogo da equipe, bem consistente, fizemos o que estamos treinando. Conseguimos fazer um belo jogo, um belo resultado, e isso mostra que a ambição de querer fazer história com essa camisa continua a mesma – finalizou o ex-palmeirense.

Outras postagens...

Após viralizar mundialmente, árbitra Fernanda Colombo recebe proposta indecente

Paulo Rogério

Dória confirma que F1 segue em Interlagos até fim do contrato, em 2020

Paulo Rogério

Por indicar favorecimento do VAR ao Fla, Galiotte é punido pelo STJD

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol