SportsManaus
FUTEBOL INTERNACIONAL

Jornal: reforço de R$ 200 milhões vira ‘problemão’ para Tuchel no PSG

Da redação do SportsManaus, com informações do FOX Sports

Segundo publicação do jornal As, Leandro Paredes ainda não se adaptou ao clube francês e por isso já gera preocupação na diretoria

Reforço mais caro do Paris Saint-Germain na última janela do inverno europeu, em janeiro, Leandro Paredes deixou o Zenit-RUS a troco de 47 milhões de euros (R$ 213 milhões, na cotação atual), mas hoje se tornou um “problemão” para o técnico Thomas Tuchel. Ao menos é o que indica publicação do jornal espanhol As, que afirma que os franceses estão preocupados com o fato de o volante argentino ainda não ter mostrado um bom futebol no clube.

Na última quarta-feira (25 de setembro), Paredes fez a sua estreia oficial na temporada com o PSG e mais uma vez não convenceu, apesar de ter atuado durante os 90 minutos, na derrota por 2 a 0 para o Reims, pelo Campeonato Francês.

Ainda segundo a publicação, o meio-campista argentino é visto como uma herança do antigo diretor de futebol Antero Henrique, que deu lugar ao brasileiro Leonardo. Não à toa, o clube inclusive trouxe na última janela de verão Idrissa Gueye, ex-Everton, que custou menos do que Paredes – 32 milhões de euros (R$ 145 milhões) – e já assumiu o posto de titular com Tuchel.

Segundo outro jornal, o francês Le Parisien, um dos motivos que estaria colaborando para a demora na adaptação de Paredes seria o seu comportamento nos vestiários. O veículo afirma, inclusive, que na visão dos demais jogadores do PSG, o argentino seria “distante do grupo e até mesmo hostil” em algumas atitudes.

Enquanto Paredes não engrena, o PSG já o considera como transferível. Ou seja, o clube espera que, em breve, uma outra equipe faça proposta pelo jogador, apesar do seu alto valor de mercado.

Outras postagens...

Neymar volta e comanda a vitória do Brasil em teste contra a Croácia

Paulo Rogério

Rafinha goleia o Dortmund e coloca a mão na taça

Paulo Rogério

Espanha goleia por 5 a 0, mas pós-jogo tem clima depressivo: técnico chorando e coletiva cancelada

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol