full screen background image

Medidas para o AM são discutidas por entidades da área e acordos são firmados com Sejel

215

Da redação do SPORTS MANAUS, com informações da Assessoria de Comunicação da Sejel  

Na tarde da última sexta-feira, dia 26, o titular da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Fabricio Lima, reuniu com a Federação Amazonense de Futebol (FAF) e representantes dos clubes amazonenses para tratar sobre medidas que serão tomadas após a partida entre Manaus FC e Fast, na última quarta-feira, 24, no estádio Carlos Zamith, localizado no Coroado. No dia do jogo, uma aglomeração tomou conta do evento e resultou em violência contra o patrimônio público, além de desordem entre as torcidas.

Em conversa, o gestor da pasta afirmou que preza pela comodidade e segurança do torcedor que vai ao estádio, como tambem por todas as estruturas das praças esportivas e que o intuito do encontro foi não somente para alertar aos clubes sobre as novas medidas, mas tambem de garantir que cada um cumpra seu papel para que o futebol amazonense possa avançar.

– Esclareço que ouvi todas as partes e o que mais destaco é que o fato ocorrido só subtrai o futebol amazonense. Por isso, visando ser coerente, responsabilizei os times protagonistas e eles já começaram a pagar os danos que causaram ao estádio, uma vez que de forma alguma concordamos com a violência ao patrimônio público. Além disso, acertamos que a Federação irá cumprir com mais rigidez a separação das torcidas em todos os jogos, e que o policiamento será reforçado. Lamento todos os ocorridos e estamos aqui para somar forças com o único objetivo de fazer o esporte crescer – destacou Lima.

Dentre vários pontos levantados, ficou acertado que a FAF ficará a cargo da divisão das torcidas, a entrada dos mesmos, arbitragem e orientação aos clubes. A Sejel, como nos demais jogos, continuará cumprindo o papel de organizar os estádios pertencentes a pasta, como de receber os times, estrutura física e de condições às equipes (máquina de gelo, bilheterias abertas para que a empresa que faz a venda de ingressos possa atuar, limpeza), e todo o corpo operacional, como eletricista, hidráulico e coordenador do estádio. A Policia Militar é de responsabilidade do time mandante, segundo o estatuto do torcedor.

Diante do acordo, as próximas partidas já irão seguir os parâmetros impostos. Na quarta-feira, dia 31, às 20h, Nacional x Princesa, no estádio Carlos Zamith, terá divisão de torcida por arquibancada. O Leão vai ocupar o lado que tem as cabines de imprensa e o Tubarão, que é o visitante, ficará o lado oposto, setor B. Na Arena da Amazônia, na próxima quinta-feira, dia 1, às 20h, tem Fast x Manaus. A torcida do Verdão ocupará o lado leste, que dá para a Constantino Nery, enquanto o Tricolor o setor oeste, que tem como referência a tribuna de imprensa.

– A gente espera que o torcedor compareça aos jogos, pois o cuidado será redobrado, e o policiamento acionado por quem é de direito, mas tambem massificado através de um pedido da Sejel. Estamos abertos a toda crítica construtiva, e nossa pasta está empenhada a cada vez mais colaborar com o futebol local – disse Lima.

Todos os danos do estádio Carlos Zamith serão de responsabilidade dos times protagonistas. O Manaus já enviou duas lixeiras quebradas, o Fast vai fazer o reparo do que foi amassado nas dependências, e o complexo voltará às perfeitas condições para a tender os próximos eventos.

Parceria Sejel

Desde o ano passado, a Sejel vem apoiando o futebol amazonense, com isenção do pagamento do aluguel dos estádios, que são os 10% da bilheteria, como cobrado em jogos de time de fora. Além disso, a pasta não faz a cobrança do quadro móvel. Dessa forma, o jogo sai de forma gratuita aos times e a entidade, entende assim, que com esse benefício o clube pode gerir investimentos para outras áreas, como pagamento de salários, investir em infraestrutura, em jogadores, e demais possibilidades. 



EDITOR - Paulo Rogério Veiga, comunicador esportivo, repórter, radialista e agente business de jogadores e treinadores. Contato 55+ (92) 99171-9226 vivo/watsap / 55+ (92) 98193-1304 tim/watsap. Email: pauloreporter@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Leia mais em sobre o editor clicando aqui.