full screen background image

Mesmo sendo dominado, Fast-AM vence São Raimundo-PA por 3 a 2 e lidera grupo A2 da Série D

376

Mesmo jogando mal e sendo dominado a maior parte da partida, o Fast Clube conseguiu vencer o São Raimundo-PA por 3 a 2, pela segunda rodada do Brasileiro da Série D. Com resultado, a equipe assumiu a liderança do grupo A2, com quatro pontos, na tarde deste domingo, na Arena da Amazônia, em Manaus. Os gols do Tricolor de Aço foram marcados por Peninha (2) e Felipe. O Pantera Negra com a derrota, ficou com seus três pontos, na segunda colocação, seguidos de Baré-RR, em terceiro com dois e na última colocação, o Gurupi-TO, com apenas um ponto.

Pela terceira rodada, o Fast terá chance de ampliar sua liderança no Brasileirão. O jogo será contra o Gurupi no próximo domingo, dia 4 de junho, às 16h, na Arena da Amazônia. O São Raimundo joga sua segunda partida fora de casa. Os paraenses enfrentam o Baré, também no domingo, às 18h30, no Estádio Roberto Marinho, em Boa Vista.

Satisfeito com resultado, o treinador Donmarques Mendonça, afirmou ao SPORTS MANAUS, que o Fast sentiu um pouco o entrosamento, devido as várias mudanças efetuadas para partida.

Donmarques Mendonça fez de cinco a seis mudanças na equipe para jogo (crédito: Paulo Rogério)

– Nós sabíamos que teríamos uma queda de rendimento, mas apenas no início. Esse time não tinha jogado juntos, pois tiramos de cinco a seis jogadores que vinha atuando. Claro, que a equipe sentiu um pouco o entrosamento, mas confiamos no plantel, que é qualificado. Tenho certeza que vai se encaixar, a cada dia que passa – concluiu.

Com gol de cabeça, o atacante Felipe empatou para o Fast, no segundo tempo. Para o jogador, o grupo conseguiu superar as dificuldades diante de uma equipe bem qualificada e favorita.

– Nós entramos focados e sabíamos que a vitória poderia nos dar um conforto para jogarmos em casa contra o Gurupi. Já consegui um acesso com o América no Amazonas e, sabemos o quanto é difícil jogar uma Série D. Começar em casa ganhando, vai nos dar força para conseguirmos nosso acesso – explicou.

Treinador do Pantera ficou irritado com desempenho da equipe (crédito: Paulo Rogério)

Visivelmente irritado com a atuação da equipe, o técnico do São Raimundo, Lecheva, lamentou o resultado pela domínio da equipe em campo, mas disse que mais uma vez os mesmos erros aconteceram em campo.

– Nós conseguimos manter o domínio do jogo sobre os adversários, mas acabamos não conseguindo concluir esse domínio em gols. Em duas bolas paradas em cobranças de falta, eles fizeram dois gols. Nós temos que corrigir, isso não pode acontecer e não adianta ter o domínio, mas não ter superioridade no placar. Vamos trabalhar e fica mais uma vez a lição – lamentou.

Jogo

Com várias mudanças na formação titular do time que vinha jogando, o Fast Clube apostou e conseguiu sair com um bom resultado, mesmo sendo dominado a maior parte do jogo.

Aos 19 minutos, o estreante Leonardo chutou para meta e assustou o goleiro do São Raimundo. Aos 25 minutos, Pimenta pelo meio da zaga toca para Denis Pedra, que entra na área e na hora do chute, a zaga tira o perigo de gol contra o Fast. Aos 28 minutos, falta pela direita e de voleio Guilherme marcou, mas a assistente Anne Kesy, anula o gol dos paranaenses. 

Aos 34 minutos, o Fast abriu o marcador. Pela direita Peninha cobra falta é a bola faz uma curva, bate no ângulo direito e entra, 1 a 0.  Não demorou muito e saiu o empate do São Raimundo. Aos 38 minutos, o goleiro defendeu e no rebote Dedeco empatou, 1 a 1. Aos 41 minutos, o Fast chegou com perigo pela direita com Wagner Diniz, que chutou rasteiro com perigo, mas a bola bateu na zaga e foi para escanteio.

Felipe, que marcou um dos gols do Fast, briga com os zagueiros do São Raimundo (crédito: Paulo Rogério)

No segundo tempo, os dois treinadores resolveram não mexer no intervalo, apesar da alta temperatura, que desgastou os jogadores de ambas as equipes. Aos dois minutos, falta frontal a meta do Fast e Valdanes obrigou o goleiro tocar na bola e colocar pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio pela esquerda, a bola sobra para Denis Pedra que perdeu o gol sozinho. Aos 19 minutos, o São Raimundo vira o jogo. Valdanes cobra falta e no meio da zaga Guilherme marcou de cabeça, 2 a 1.

Mesmo melhor em campo, o São Raimundo não conseguiu evitar o empate. Aos 24 minutos, pela direita Wagner Diniz cruza e Felipe de cabeça faz, 2 a 2. Aos 31 minutos. Peninha foi derrubado e sofreu falta na entrada da grande área. Um minutos depois, o próprio Peninha cobrou e a bola passou no meio da barreira, 3 a 2.

Ficha técnica:

Jogo: Fast Clube 3×2 São Raimundo-PA

Motivo: Campeonato Brasileiro da Série D – 2ª rodada

Local: Arena da Amazônia – Manaus/AM

Horário: 16h

Árbitro: Antonio Neuriclaudio R. Costa (AC)

Árbitros assistentes: Anne Kesy Gomes de Sá (AM) e Eliane Nogueira dos Santos (AM)

Público presente: 890

Renda: R$ 9.310,00

Gols: Peninha 34 1ºt, Felipe  24 2º e Peninha 31 2ºt (Fast) e Dedeco 38 1ºt e Guilherme 19 2ºt (São Raimundo)

Fast:  Maycki Douglas, Wagner Diniz, Romário, Bianor Neto, Tiago Félix (André Luís), Augusto, Robinho, Willian Saroa, Felipe (Nego), Leonardo (Werley) e Peninha. Técnico: Donmarques Mendonça.

São Raimundo-PA: Roger Kath, Leandrinho (Will), Rubran, Derlan, Tubarão, Denis Pedra, Guilherme (Anderson), Dedeco, Valdanes, Pimenta (Bilau) e Tiago. Técnico: Lecheva. 



EDITOR - Paulo Rogério Veiga, comunicador esportivo, repórter, radialista e agente business de jogadores e treinadores. Contato 55+ (92) 99171-9226 vivo/watsap / 55+ (92) 98193-1304 tim/watsap. Email: pauloreporter@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Leia mais em sobre o editor clicando aqui.