SportsManaus
Agência Sports ManausFUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSEFUTEBOL NACIONALSÉRIE D

Na estreia da Série D fora, técnico do São Raimundo-RR reconhece jogo difícil com Princesa-AM, mas diz: “Queremos pontuar”

Ano passado, nos dois jogos da 1ª fase, as equipes empataram com o mesmo placar de 1 a 1.

Foto: Arquivo / Agência Sports Manaus

Em sua oitava disputa no Campeonato Brasileiro da Série D, o São Raimundo-RR busca não apenas uma mera participação, mas chegar bem mais longe na divisão de acesso e quem sabe conquistar a tão sonhada vaga na Série C do ano que vem. No início de sua caminhada, pelo grupo A1, o Mundão encara fora de casa o Princesa do Solimões, neste sábado, 27/4, às 17h (18h de Brasília), no Estádio Gilberto Mestrinho, o Gilbertão, na cidade de Manacapuru (a 68 km da capital).

Campeão do 1º turno do estadual, iniciando agora o segundo turno, o técnico Francisco Viana, no comando do São Raimundo há alguns anos, espera que o time possa fazer um bom jogo, pois está em ritmo de competição e manter a boa regularidade na temporada.

– A esperança é essa. Nós trabalhamos para fazer uma boa estreia. Nós sabemos da importância da equipe do Princesa hoje. É um time totalmente reformulado, se juntou a equipe do Parintins, fazendo um elenco muito forte e tem um treinador, que é conhecedor que trabalhou no estadual – comentou ao SPORTS MANAUS, mas ainda mencionou.

– A gente respeita muito, mas vamos procurar fazer a identificação dos pontos fortes para tentar neutralizar. Acho que será um grande jogo, pois as equipes ainda não se conhecem e toda estreia é muito difícil. A gente preparou o elenco para isso, pois o primeiro jogo é sempre muito difícil, mas queremos pontuar – alertou Francisco.

LEIA MAIS: 

Na disputa da Série D por algum tempo, o treinador do Mundão, sabe muito bem que todo ponto é importante e fundamental para conquistar a classificação. Para ele, jogando fora e em um campeonato longo na primeira fase, um ponto seria bom logo na estreia.

– Nós precisamos sempre pontuar em jogos fora de casa. Já dentro de casa é uma obrigação, pois a gente busca pontuar, porque esses pontos somados poderão nos ajudar. A gente respeita, mas sabemos que podemos fazer um bom futebol. É um grupo muito difícil, onde estão três equipes fortes do amazonas. A gente vem se preparando, para que a gente nessa somatória consiga passar de fase – salientou Viana.

 

 

 

 

 

 

 

Outras postagens...

Pelo BR Feminino, apesar da boa campanha, técnica do Bragantino alerta sobre o JC-AM: “Será um grande jogo”

Paulo Rogério

Humilhação! Fast Clube é massacrado pelo Sport por 9 a 0 e praticamente se despede da Copa do Brasil Sub-17

Paulo Rogério

Palmeiras atropela Água Santa e conquista o Campeonato Paulista pelo segundo ano consecutivo

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...