full screen background image

Na final do AM, Manaus supera Nacional e joga por um empate para ser campeão Estadual

151

Com gol do garoto Napão, o Manaus conquistou uma conquista histórica no futebol amazonense. O Gavião do Norte venceu o Nacional por 1 a 0, no primeiro jogo da final do Campeonato Amazonense, na noite desta terça-feira, 6/6, na Arena da Amazônia, em Manaus. Com a vitória, a equipe reverteu a vantagem e agora com um simples empate pode comemorar seu primeiro título no profissional. A partida de volta será no próximo sábado, 10/6, também na Arena da Amazônia.

Com apenas quatro anos de fundação, o Manaus chega a sua primeira final e com boas chances de ser campeão Estadual. Para o treinador Aderbal Lana, mesmo entrando em campo em desvantagem, a equipe não jogou com receio, pelo contrário, jogou um futebol para buscar a vitória, como é de sua característica ao longo do tempo no futebol.

O Manaus tem tomado as iniciativas em todos os jogos. Quem acompanha minha carreira desde quando cheguei no Amazonas, seja contra São Paulo, Fluminense, nuca deixei de jogar e sempre procurei o ataque. Acho que foi um bom jogo, o Nacional está de parabéns, estamos dando um passo de cada vez e sábado, vamos ver como fica essa decisão – disse ao SPORTS MANAUS.

Com a ausência de Hamilton, que desapareceu da concentração no dia do jogo, segundo algumas pessoas ligadas ao clube, por não ter recebido um valor pela classificação a final, o treinador chamou Napão. Para o jogador, o momento era para se comemorar, depois do bom resultado.

– Foi meu primeiro gol na Arena, estou muito feliz, porque muitos craques passaram por aqui. Quando o Lana me chamou, é porque ele acredita muito em mim. Todo dia eu trabalho, treino bem e quando entrei no campo parece que foi um filme que passou pela minha cabeça. Eu disse “tem que ser agora e não podia passar de hoje”. Graças a Deus, deu tudo certo.

Visivelmente irritado com resultado, o atacante Hudson, disse que o Nacional tem plena chance de conseguir a classificação. Segundo ele, o time não poderia cometer falhas em campo.

– Claro que podemos reverter, pois temos um bom elenco e sabemos que o time deles é muito bom também. Sabíamos que teríamos dificuldades, mas é isso mesmo, pois futebol é assim.  Tivemos uma falha no segundo tempo e levamos o gol. Sentimos a ausência do Charles e Peter, mas temos que superar tudo isso.

Ficha técnica:

Jogo: Manaus 1×0  Nacional

Motivo: Campeonato Amazonense – Final / Jogo de ida

Local: Arena da Amazônia

Horário: 20h

Árbitro: Antônio Carlos Pequeno Frutuoso

Árbitros Assistentes: Alexsandro Lira de Alexandre e Eliane Nogueira dos Santos

Renda: R$ 16.410,00

Público presente: 1.639

Manaus: Jonathan, Igor, Deurick, He-Man, Negueba, Juninho, Amaralzinho, Tiago Amazonense, Neto (Tiaguinho), Binho e Jonas (Adrianinho) (Napão). Técnico: Aderbal Lana.

Nacional: Marcelo Valverde, Vagner (Alex Junior), Victor Pereira, Jefferson Siqueira, Diego Soares, Tiago Bastos, Mael, Alexsandro, Paulo Roberto, Iuri e Hudson. Técnico: Arthur Bernardes.



EDITOR - Paulo Rogério Veiga, comunicador esportivo, repórter, radialista e agente business de jogadores e treinadores. Contato 55+ (92) 99171-9226 vivo/watsap / 55+ (92) 98193-1304 tim/watsap. Email: pauloreporter@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Leia mais em sobre o editor clicando aqui.