SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Na primeira semana de treinos, preparador físico do Rio Negro avalia time para o Campeonato Amazonense

Para conseguir seus objetivos, o Rio Negro conta com grande reforço fora de campo, que vai acumular as funções de preparador físico e auxiliar técnico. Trata-se de Mozart Carlos, 36 anos, graduado em Educação Física e Logística Empresarial, e pós-graduado em Docência do Ensino Superior e mestrado em Gestão Esportiva. O ex-jogador, atuou pelo próprio Rio Negro e Fast Clube, sendo este último, campeão Amazonense pelo Tricolor de Aço em 2016, como preparador físico, depois de mais de 40 anos de jejum.

Na primeira semana de pré-temporada do Galo da Praça da Saudade, Mozart Carlos, fez uma análise ao SPORTSMANAUS, como foi o trabalho realizado com o elenco nesse início de atividades para o campeonato.

– Na última segunda-feira, fizemos avaliações físicas, e por conta do pouco tempo e da não homogeneidade do grupo, fiz uma anamnese para tentar obter o máximo de informações possíveis. Já na terça e quarta, realizamos uma bateria de testes físicos, como por exemplo, potência dos membros inferiores, agilidade, velocidade, além do VO2 Máx – explicou.

Com pouco tempo para estreia no campeonato com Princesa, no dia 3 de fevereiro, o preparador físico, disse como encontrou as condições físicas dos jogadores, mas ressaltou que alguns terminaram a última temporada em atividade.

– No contexto claro que abaixo do ideal, porém, é válido lembrar que uma parte jogou a Série B local. Se bem que a Bezinha não é parâmetro, pois é um grupo jovem que não terá grandes dificuldades em relação ao condicionamento. Acredito que no primeiro jogo estaremos acima dos 70% do ideal. As partidas também nos ajudarão no ritmo de jogo, o que será importante, por isso, o Ribamar (treinador) pensa em fazer de três a quatro jogos amistosos antes da estreia – disse, mas destacou a média de idade de 23 anos do grupo.

– Claro que faz, um grupo com média de idade baixa e sem muito histórico de lesões, onde o bom de tudo isso, é que a grande maioria já trabalha comigo há alguns anos, como Maxwel, Thiago, Guanair Júnior, inclusive campeão estadual comigo no Fast, em 2016.

De acordo com responsável pela preparação física do Time Barriga Preta, esse período é primordial para equipe durante todo campeonato, por isso, é esquecer as dificuldades e trabalhar para deixar o elenco pronto para estreia.

– Teremos menos de Mesociclo de treino, isso é complicado, porém, precisamos esquecer essas dificuldades e trabalhar para que durante a competição estejamos a altura de honrar a camisa do Galo da Praça da Saudade.

Outras postagens...

Em reunião do conselho técnico, Campeonato Amazonense inicia dia 22 de janeiro e vai até 26 de abril

Paulo Rogério

Em jogo de volta com Ji-Paraná-RO pela Série D, técnico do Nacional alerta: “A gente tem que ter sabedoria”

Paulo Rogério

Em jogo aberto, Fast empata com Penarol e conquista título do 1º turno do Campeonato Amazonense

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol