full screen background image

Nos pênaltis, Fast vence Rio Negro e leva Torneio Início “Leão Braúna”, na Arena da Amazônia

215

Após conquistar o título do Campeonato Amazonense ano passado, depois de 40 anos, o Fast Clube volta a levantar mais uma taça, desta feita, do Torneio Início “Leão Braúna”, na noite desta quinta-feira, na Arena da Amazônia, em Manaus. O Tricolor de Aço empatou no tempo normal com Rio Negro em 0 a 0, mas nos pênaltis venceu por 2 a 1. Foi a segunda conquista do Fast, na Arena da Amazônia.

Depois de 10 anos sem ser realizado, o Torneio Início homenageou o ex-presidente do Holanda, Leão Braúna, falecido no final de fevereiro. O evento contou com a participação das oito equipes, que vão participar do Estadual.

Nacional (azul) perdeu par o Fast, no tradicional clássico Pai e Filho (crédito: Paulo Rogério)

Para chegar ao título, o Fast jogou três vezes. O primeiro desafio foi diante do Penarol, saindo vencedor por 1 a 0 no tempo normal. Já na segunda partida, a equipe empatou no tempo regulamentar com Nacional em 0 a 0, e venceu por 2 a 1, nas cobranças de pênaltis.

Mesmo sabendo que o evento é oficioso, o treinador do Fast, João Carlos Cavalo, fez questão de enaltecer o título na Arena da Amazônia. Para ele, é algo importante para a equipe na sequência da temporada.

Leonardo foi uma das atrações do Rio Negro, no Torneio Início “Leão Braúna” (crédito: Paulo Rogério)

– Para nós tem uma importância muito grande, o primeiro torneio início, primeira competição oficial, nossa equipe vencendo mais um campeonato, ou seja, vai dá moral. Nós esperamos comemorar muitas coisas aqui na Arena da Amazônia, pois considero nossa casa – avaliou.

Autor do último gol na cobrança de pênaltis, o atacante Edinho Canutama, disse ao SPORTS MANAUS, que vale muito ganhar na  Arena da Amazônia, porque o evento pode servir como fator motivacional para ele dentro do elenco.

Vale a pena ganhar sim, porque eu vinha cobrando bastante pênalti. O professor me deu confiança e pediu para bater todos os pênaltis, mas abri uma exceção para meus colegas. Cheguei no Fast com pé-direito e quero para fazer história.

Canutama do Fast tentar passar por dois adversários do Rio Negro (crédito: Paulo Rogério)

Com a esperança de fazer um bom trabalho no comando do Rio Negro, o técnico Aderbal Lana, deixou um pouco de lado o Torneio Início, para afirmar que vai reforçar o Galo da Praça da Saudade para início do Campeonato Amazonense.

– Nós temos quatro contratações pontuais, pois temos jogadores nessas posições e não é benefício se apontar quais as posições, mas podem ter certeza, quatro ou cinco jogadores comporão o plantel do Rio Negro. Já contratamos o Tiago Verçosa e estamos procurando atletas chaves nas posições.

Tabela do Torneio Início “Leão Braúna”

1º jogo – Fast Clube 1×0 Penarol

2º jogo – Nacional 0x0 Manaus FC (Pênaltis, Nacional 1×0)

3º jogo – Princesa do Solimões 0x0 Holanda (Pênaltis, Princesa 2×1)

4º jogo – Rio Negro 1×1 São Raimundo (Penaltis, Rio Negro 1×0)

5º jogo – Fast Clube 0x0 Nacional (Penalti, Fast 2×2)

6º jogo – Princesa do Solimões 1×1 Rio Negro (Penaltis, 1×0)

7º jogo – Fast Clube 0x0 Rio Negro (Penaltis, Fast 2×1) – CAMPEÃO



EDITOR - Paulo Rogério Veiga, comunicador esportivo, repórter, radialista e agente business de jogadores e treinadores. Contato 55+ (92) 99171-9226 vivo/watsap / 55+ (92) 98193-1304 tim/watsap. Email: pauloreporter@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Um comentário em “Nos pênaltis, Fast vence Rio Negro e leva Torneio Início “Leão Braúna”, na Arena da Amazônia

Os comentários estão fechados.