SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL NACIONALSÉRIE A

Palmeiras massacra São Paulo, faz 5 a 0 e segue sonhando com título brasileiro

Da redação do Sports Manaus, com informações da GAZETA ESPORTIVA – André da Silva Costa e Marcelo Baseggio – São Paulo, SP – 25/10/23 | 21:55 – 25/10/23 | 23:51

Foto: César Greco / Palmeiras 

O Palmeiras conquistou uma importante e memorável vitória na noite desta quarta-feira, goleando o São Paulo, no Allianz Parque, por 5 a 0, em jogo válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após ter acabado com a sequência sem vitórias no último fim de semana, contra o Goiás, o time comandado por Abel Ferreira não tomou conhecimento do Tricolor e simplesmente atropelou o rival graças aos gols de Breno Lopes (2), Piquerez (2) e Marcos Rocha.

Com o resultado, o Palmeiras sobe para o terceiro lugar do Campeonato Brasileiro e ainda possui chances matemáticas de conquistar o título – o Botafogo está a nove pontos, mas com um jogo a menos. O São Paulo, por sua vez, continua na briga para não se aproximar da zona de rebaixamento, figurando em décimo lugar.

O Palmeiras volta a entrar em campo no próximo sábado, contra o Bahia, às 19h (de Brasília), no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro. Já o São Paulo encara o Athletico-PR no domingo, às 16h (de Brasília), na Arena da Baixada, também pela competição de pontos corridos.

Palmeiras massacra o São Paulo no 1ºT

O Palmeiras começou o jogo muito mais ligado que o rival e chegou ao primeiro gol logo aos quatro minutos. Mayke recebeu livre pela direita e cruzou na medida para Richard Ríos cabecear no cantinho, ver Rafael chegar a tocar na bola, mas não evitar que ela estufasse as redes. Após revisão do VAR, porém, foi marcado impedimento do colombiano.

A marcação do São Paulo pela esquerda não encaixava, e Mayke seguiu tendo liberdade para chegar na linha de fundo. Assim, não demorou muito para o Palmeiras, de fato, abrir o placar. Aos 15, o lateral direito do Verdão cruzou rasteiro, e Breno Lopes precisou apenas completar para o fundo das redes, colocando os donos da casa em vantagem na partida.

O São Paulo só foi responder em uma cobrança de falta de James Rodríguez, que acabou mandando à direita do gol defendido por Weverton. Mas, o Palmeiras rapidamente retomou o controle do jogo e chegou ao segundo gol novamente com Breno Lopes. Aos 26 minutos, Richard Ríos deu lindo passe de Trivela para o atacante sair cara a cara com Rafael e finalizar com categoria.

Como se não bastasse, já na reta final do primeiro tempo Lucas Moura acabou sentindo a região posterior da coxa esquerda e teve de ser substituído. Isso depois de Gabriel Neves, que fez uma péssima partida, deixar o campo para a entrada de Rodrigo Nestor. Mas, as modificações de Dorival Júnior não surtiram efeito, muito pelo contrário.

O Palmeiras continuou pressionando o rival e ainda teve tempo para marcar o terceiro gol após um erro infantil de Wellington Rato, que fez carga em Zé Rafael dentro da área, e o árbitro Raphael Claus não titubeou, marcando pênalti. Piquerez foi para a cobrança e não desperdiçou, fechando os trabalhos na etapa inicial.

Segundo tempo

O São Paulo voltou para o segundo tempo com Jhegson Méndez na vaga de James Rodríguez. A ideia de Dorival Júnior era dar mais consistência defensiva ao meio-campo da equipe, evitando uma goleada. O Palmeiras, por sua vez, desacelerou. Com a vitória praticamente garantida, os donos da casa não imprimiram o mesmo ritmo da etapa inicial, obrigando o Tricolor a se expor.

A segunda metade da partida teve bem menos emoções. O São Paulo, mesmo com mudanças, seguiu tendo dificuldade para infiltrar na defesa palmeirense. Para piorar, aos 15 minutos, Rafinha, que já tinha cartão amarelo, fez falta em Breno Lopes e acabou recebendo o segundo, sendo, consequentemente, expulso e dificultando ainda mais a vida do Tricolor dentro do Allianz Parque.

Mas, sempre o que está ruim pode piorar ainda mais, e o Palmeiras, apesar da elástica vantagem, não se acomodou, embora tenha diminuído o ritmo. Prova disso é que aos 40 minutos os donos da casa ainda conseguiram transformar a vitória em goleada com Marcos Rocha, completando no segundo pau para o fundo das redes. No minuto seguinte, Piquerez, com um lindo chute de fora da área, cruzado, no ângulo, fechou a inesquecível noite para o Verdão, que conquistou a maior vitória sobre o rival da história do Allianz Parque.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 5 X 0 SÃO PAULO

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data:  25 de outubro de 2023, quarta-feira
Horário: às 20h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (Fifa-SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (Fifa-SP)
VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (Fifa-SP)
Cartões amarelos: Zé Rafael, Endrick e Raphael Veiga (Palmeiras); Beraldo, Rafinha e Wellington Rato (São Paulo)
Cartões vermelhos: Rafinha (São Paulo)
Público: 32.618 torcedores
Renda: R$ 1.995.950,97

GOLS: Breno Lopes (Palmeiras), aos 15′ do 1ºT; Breno Lopes (Palmeiras), aos 26′ do 1ºT; Piquerez (Palmeiras), aos 51′ do 1ºT; Marcos Rocha (Palmeiras), aos 38′ do 2ºT; Piquerez (Palmeiras), aos 41′ do 2ºT.

PALMEIRAS: Weverton; Gustavo Gómez, Luan e Murilo; Mayke (Marcos Rocha), Zé Rafael, Richard Ríos (Fabinho), Raphael Veiga (Artur) e Piquerez; Breno Lopes (Luis Guilherme) e Endrick (Rony).
Técnico: Abel Ferreira

SÃO PAULO: Rafael; Rafinha, Diego Costa, Beraldo e Caio Paulista; Gabriel Neves (Rodrigo Nestor), Alisson (Nathan), Michel Araújo e James Rodríguez (Jhegson Méndez); Lucas (Wellington Rato) e David (Luciano).
Técnico: Dorival Júnior