SportsManaus
COPA DO BRASIL FUTEBOL FUTEBOL NACIONAL

Pedro faz dois, Flamengo despacha o Grêmio e vai à semi da Copa do Brasil em jogo com público no Maraca

Da Redação do Sports Manaus, com informações do LANCE! – Vinícius Faustini – 15/09/2021 – 23:27 – Rio de Janeiro (RJ)

Atacante entra no decorrer da partida e garante o 2 a 0 sobre o Rubro-Negro em jogo bastante acirrado nesta quarta-feira (15). Equipe encara o Athletico-PR na próxima fase

Foto: Marcelo Cortes / CRF

O reencontro da torcida do Flamengo com o Maracanã na Copa do Brasil não poderia ter um sabor mais especial. Em jogo com direito a homenagem a Zizinho, que faria 100 anos no dia anterior, o Rubro-Negro contou com dois gols de Pedro para garantir a vitória por 2 a 0 sobre o Grêmio na noite desta quarta-feira (15) e se classificou para a semifinal da competição. Com o resultado, a equipe de Renato Gaúcho encara o Athletico-PR na próxima fase.

JOGO TRUNCADO ATÉ DEMAIS

Mesmo repletos de mudanças, Flamengo e Grêmio não deixaram de fazer um jogo muito acirrado, com momentos nervosos e críticas recorrentes à arbitragem. O Rubro-Negro buscava o domínio as ações ao apostar em um Andreas Pereira bastante participativo e próximo de com Everton Ribeiro e Michael. No entanto, era difícil furar o bloqueio.

Muito fechado e com marcação forte (às vezes exagerada), o Tricolor gaúcho aproveitava espaços para arriscar contra-ataques. Só que as chances se esvaíam também por erros. Borja esticou até Léo Pereira, mas o meia-atacante parou na zaga rubro-negra. Em seguida, Jhonata Robert surgiu na área após receber lançamento e furou diante de Matheuzinho. Já Fernando Henrique passou como quis pelo meio e pegou mal na bola ao concluir. Em uma cobrança de escanteio, Borja desviou e a defesa do Flamengo se antecipou bem.

AS CHANCES RUBRO-NEGRAS 

A equipe de Renato Gaúcho adiantou a marcação e encontrou chances. Andreas Pereira encheu o pé em cobrança de falta e Brenno saltou para defender. Depois, Michael aproveitou um espaço na direita e lançou Gabigol. Diante de Brenno, o camisa 9 furou na primeira chance e, logo depois, tentou pela segunda vez, só que Paulo Miranda fechou bem o espaço.

A melhor chance rubro-negra da etapa inicial veio dos pés de Michael. O camisa 19 passou como quis por Rafinha e bateu rasteiro. Com Brenno caído, Kannemann saltou para defender em cima da linha.

ÂNIMOS EXALTADOS

A partida brigada continuou a tomar conta da etapa final e um lance gerou reclamação. Após uma investida, Gabigol caiu dentro da área em uma dividida com Kannemann. O atacante se queixou de dores, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

A irritação continuou a tomar conta dos dois lados. O Grêmio reclamava a cada marcação contrária. Já do lado do Flamengo, Gabigol bateu boca com o técnico Luiz Felipe Scolari. 

LÁ E CÁ

O equilíbrio ditou também a etapa final do duelo. Sarará arriscou de longe e exigiu Gabriel Batista. O Flamengo “respondeu” em lançamento para Michael que, livre, se atrapalhou ao tentar dominar. O Tricolor gaúcho voltou a ir à frente quando Rafinha lançou e, após desvio de Borja, Jhonata Robert recebeu. O jovem se desvencilhou da marcação e bateu de maneira venenosa, mas Gabriel Batista saltou para espalmar.

Seguro em campo, Matheuzinho aproveitou brecha na direita e Everton Ribeiro concluiu rasteiro no meio da área. Pedro escorregou para desviar e chegou atrasado.

PARTIU SEMI!

Mais impetuoso devido às mudanças, o Flamengo continuou a pressionar e começou a consolidar a sua vitória em uma chance de encher os olhos da torcida que compareceu ao Maracanã. Everton Ribeiro cruzou e Pedro saltou para fazer uma bicicleta, mandando a bola rente à trave.

No entanto, o árbitro Rodolpho Toski Marques atendeu a uma solicitação do VAR, revisou o lance e interpretou que Rodrigues cometeu pênalti ao desviar com a mão a bicicleta do camisa 21. Pedro partiu para a bola e cobrou no meio do gol, estufando a rede.  

Na reta final, Everton Ribeiro serviu e Michael carimbou uma bola na trave, causando um grito de “uhhh” nas arquibancadas. De tanto martelar, o segundo gol foi sacramentado. Everton Ribeiro recebeu passe e tocou na saída de Brenno. A bola caprichosamente tocou na trave, só que retornou nos pés de Pedro, que completou para a rede. O reencontro rubro-negro com o público na Copa do Brasil não poderia ser melhor.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2×0 GRÊMIO

Data-Hora: 15-09-21 – 21h30

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa/PR)

Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa/PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

VAR: Adriano Milczvski (PR)

Renda / Público: R$ 794.005,00 / 6.277 comercializados /  6.446 presentes

Cartões amarelos: Thiago Maia (FLA), Kannemann,  Brenno, Rafinha, Paulo Miranda (GRE)

Gols: Pedro, 33/2T (1-0 e 41/2T (2-0)

FLAMENGO: Gabriel Batista; Matheuzinho, Rodrigo Caio (Gustavo Henrique, 27/2T), Léo Pereira e Renê (Ramon, 27/2T); Thiago Maia (Gomes, 35/2T), Andreas Pereira e Everton Ribeiro; Vitinho (Lázaro, 15/2T), Michael e Gabigol (Pedro, 15/2T). Técnico: Renato Gaúcho

GRÊMIO: Brenno; Rafinha, Paulo Miranda (Rodrigues, 24/2T), Kannemann e Diogo Barbosa; Fernando Henrique, Sarará (Lucas Silva, 16/2T) e Villasanti; Jhonata Robert (Everton, 25/2T), Léo Pereira e Borja (Diego Souza, 25/2T). Técnico: Luiz Felipe Scolari

 

Outras postagens...

Inter empata com o Athletico-PR e vê sua vantagem na liderança do Brasileirão diminuir

Paulo Rogério

Corinthians só empata com o Atlético-GO e não embala no Brasileirão

Paulo Rogério

Jô não é registrado pelo Corinthians e está fora do Derby

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol