full screen background image

Pela primeira vez, escolinha do Flamengo vai participar do Amazonense infantil e juvenil

329

Pela primeira vez na história do Campeonato Amazonense infantil e juvenil, a competição contará com a presença do Flamengo Manaus Futebol Clube, uma escolinha de futebol sem precisar firmar parceria com um clube filiado. A confirmação da escolinha oficial do Flamengo, ocorreu na tarde desta terça-feira (11/7), na sede da FAF, por ocasião da reunião dos representantes das sete equipes, que vão disputar o estadual nas duas categorias.

A competição inicia no dia 7 de setembro e finaliza 2 de dezembro. Além da escolinha do Flamengo, o evento conta ainda com Holanda, Atlético Clipper Clube, Nacional, Rio Negro, Manaus FC e Tarumã. Os jogos serão em turno e returno, com todos jogando entre si, classificando para semifinal os quatro melhores colocados e os vencedores jogam a final.

De acordo com diretor de competições da FAF, Ivan da Silva Guimarães, houve uma unanimidade na aprovação dos clubes para participação da escolinha do Flamengo, mas revelou que o pensamento da federação e criar uma competição para incluir outras escolinhas que desejam colocar a garotada para jogar.

– A federação tem até outra ideia de fazer um campeonato só com as escolinhas, com equipes não filiadas, abrindo essa possibilidade de fazer uma competição mais aberta em que todos possam participar de ser profissional ou não. Nós temos essa ideia, vamos fazer um estudo, avaliar tudo isso. Esse estudo é para ano que vem, vamos obedecer o calendário agora – concluiu ao SPORTS MANAUS.

Para o representante do Flamengo Manaus FC, Gel Silva, depois de participar do campeonato de base em outros anos, mas firmando parcerias com alguns clubes, como por exemplo, o Nacional Borbense, no infantil e juvenil, sua equipe vai disputar com próprio nome o estadual.

– Foi algo muito bom, porque já trabalho há 13 anos na base com a garotada da escolinha do Flamengo, com um total de 200 alunos, com aulas em dois períodos no Sesi. Espero que, com essa participação motivar outras coirmãs de colocar suas equipes para disputar o campeonato.

Contra

O presidente do Atlético Clipper Clube, Izaque Cunha, se mostrou totalmente contra a participação da escolinha do Flamengo. Para ele, a entidade não atende algumas exigências que as outras equipes, que tem mais tempo participando das competições e dentro da legislação.

– Fui contra a participação da escolinha do Flamengo, porque o nivelamento é por baixo e não por cima. Não concordo, porque não tem compromisso com futebol, porque chega, entra e participa. Fui voto vencido, mas numa democracia tem que se conviver com as pessoas que tem a opinião contrária as suas. A escolinha tem condições, mas não da maneira que vai participar, pois tem que ser oficial, pois temos um BID, um sistema da CBF, de inscrições e outras coisas. Mas fazer o que? – lamentou.

É possível

Segundo o presidente do Rio Negro, Tales Verçosa, que já foi dirigente da FAF, a participação da escolinha do Flamengo, tem o amparo do estatuto da federação. Para ele, é a primeira vez que se abre uma exceção para um seguimento futebolístico, que não faz parte do profissional, mas acredita que é válido.

Temos que avaliar, mas de qualquer maneira é um movimento de futebol. Se eles conseguirem montar uma estrutura de treinamento de pelo menos três vezes por semana, poderão fazer uma boa apresentação. Lembrando sempre, que eles tem atletas, são uma escola de futebol, onde o garoto vai para lá aprender jogar futebol, o que subtende-se que eles tem condições. O restante é treinamento especifico e planejamento – explicou.



EDITOR - Paulo Rogério Veiga, comunicador esportivo, repórter, radialista e agente business de jogadores e treinadores. Contato 55+ (92) 99171-9226 vivo/watsap / 55+ (92) 98193-1304 tim/watsap. Email: pauloreporter@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Um comentário em “Pela primeira vez, escolinha do Flamengo vai participar do Amazonense infantil e juvenil

  1. Izaque Cunha

    Unanimidade coisa nenhuma, eu (CLIPPER), foi contra a participação desta escolinha neste campeonato. fui voto vencido, e o bom de uma democracia é as pessoas conviverem com ostras que tem opiniões contrarias ás suas.

Os comentários estão fechados.