SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Pela semi do Brasileiro Feminino sub-18, técnica do Inter espera jogo difícil com Iranduba

Foto: Divulgação / Internacional 

Depois de remarcados os dois jogos das semifinais do Campeonato Brasileiro Feminino sub-18, o Internacional-RS se prepara para enfrentar o Iranduba, na primeira partida, neste domingo, 8/9, às 17h de Brasília (16h de Manaus). O jogo será realizado no Sesc Campestre, em Porto Alegre. A partida de volta será dia 28 deste mês, às 16h (17h de Brasília), no estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da cidade.

A treinadora das meninas do Colorado, é Camila Orlando, no comando da equipe desde fevereiro deste ano. Natural de Brasília, ela jogou e trabalhou nos Estados Unidos, mas tem um projeto social de formação no futebol no Distrito Federal.

De Porto Alegre, a comandante do Internacional, disse ao SportsManaus, que é uma experiência fantástica trabalhar no clube, mas reconhece que a partida com o time amazonense será muito difícil.

– Em relação ao jogo espera-se de muita intensidade. A equipe do Iranduba é rápida e com jogadoras de nível de seleção brasileira. A gente teve a oportunidade de acompanhar um pouco os jogos dela durante a primeira e segunda fases pela internet. Deu para ver a velocidade das jogadoras e a intensidade que o time joga – alertou.

Sobre o fato de jogar a primeira partida em casa, Camila Orlando, não considera uma obrigação vencer. Para ela, tudo será definido nos dois jogos e não somente em uma partida a vaga na grande final da competição.

– Eu acho que não tem necessariamente o peso de vencer, porque vão ser dois jogos muitos difíceis e duros. A gente tenta tirar o peso da vitória e focar numa boa partida e fazer o nosso melhor. Sempre passo para as meninas de deixar dentro de campo o nosso melhor – disse, mas ainda acrescentou.

– Temos consciência que é o Iranduba é forte e muito ofensiva, já marcaram 39 gols e sofreram apenas sete. É uma equipe de marcação também, enfim, a gente sabe que vai enfrentar uma equipe bastante consistente, treinada por um ex-jogador bastante experiente e sabe da importância desses jogos semifinais. Acho que vai ser um jogo duro, tanto dentro e fora de casa – justificou.

Depois de uma boa campanha nas fases anteriores, a treinadora do Colorado, afirma que o grupo está preparado para as semifinais, pois todas querem muito chegar na final, mas sabem que tem pela frente uma adversária de muita qualidade.

– O grupo vem forte, concentrado e sabemos onde queremos chegar, mas ciente de que do outro lado também está trabalhando para isso. A gente promete deixar o nosso melhor, estamos nos dedicando para esse jogo e sabemos que o adversário da mesma forma estuda a gente, mas estamos preparados para dar nosso melhor e fazer um grande espetáculo para todos que acompanham o futebol feminino e torcem para o Internacional – concluiu.

Outras postagens...

Força máxima e mistério: Manaus FC pronto para jogo do ano

Paulo Rogério

Em jogo tenso, Nacional vence de virada o Manaus FC na estreia do Amazonense

Paulo Rogério

Luizinho Lopes é o novo técnico do MANAUS FC

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol