SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL NACIONALSÉRIE B

Pelas quartas do BR Feminino A2 fora, técnica do Bragantino define jogo com a UDA-AL: “O empate é um bom resultado”

Foto: Fernando Roberto/Red Bull Bragantino

Retornar a elite nacional do futebol feminino. Essa é a ordem do Red Bull Bragantino nas quartas de final do Campeonato Brasileiro Feminino A2, no primeiro jogo do famoso mata-mata, que vai definir os semifinalistas, mas as vagas na Série A1 do ano que vem. As meninas da Massa Bruta têm pela frente a UDA-AL, neste domingo, 4/6, às 15h (de Brasília), no Estádio Rei Pelé, em Maceió.

Com uma sequência de três bons resultados, a treinadora Rosana Augusto, espera manter a mesma regularidade dos últimos jogos, mas principalmente nesse primeiro desafio fora de casa de pontuar, já pensando na partida de volta.

– Acredito que sim, o empate é um bom resultado quando se joga fora de casa, ainda mais um jogo de mata-mata de ter esse benefício de disputar o segundo jogo em casa, isso é bem interessante – disse ao SPORTS MANAUS, mas ainda frisou.

– Eu acho, que toda vez o Red Bull Bragantino tem a ideia de tentar sair com um placar positivo, no caso de uma vitória. A gente conseguindo consolidar isso, viria até um pouco mais tranquila para o jogo de volta – alertou.

LEIA MAIS:

Apesar de jogar contra todas as adversidades na casa do adversário, a comandante do Bragantino, afirmou que é fundamental o time manter a mesma postura, que vem tendo na temporada para conquistar um resultado positivo.

– O Red Bull Bragantino sempre vai entrar em campo em busca de uma vitória. Com isso, é entender a estratégia a ser adotada fora de casa para que a gente não sofra e não corra tanto risco, mas que consigamos impor o nosso jogo e sair com o resultado positivo – justificou Rosana.

 

 

 

Outras postagens...

Sobre o processo de contratações do Manaus FC para 2024, o gerente de futebol afirma: “Todos nós temos a liberdade e autonomia”

Paulo Rogério

Sobre a montagem do Nacional, técnico Gilmar Popoca afirma: “Equipe competitiva e vencedora”

Paulo Rogério

Presidente da arbitragem do AM, celebra a escalação de Anne Kesy no Campeonato Sul-Americano sub-17

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...