SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

“Quero títulos”, disse Deurick ao iniciar pré-temporada do Nacional com uma parte do grupo, no CT Barbosa Filho

Sem o alarde de anos anteriores e de forma tímida, o Nacional iniciou a pré-temporada para o Campeonato Amazonense da Série A, na tarde desta segunda-feira, 7/1, no Centro de Treinamento (CT) Barbosa Filho, Zona Leste da cidade.  Sob o comando de Aderbal Lana, o Leão da Vila Municipal começou seus preparativos para estreia com Penarol, dia 3 de fevereiro, às 15h30, no Estádio Carlos Zamith, Zona Leste da cidade.

Apenas 16 jogadores fizeram o primeiro trabalho com preparador físico, Pedro Perez, com uma corrida e uma atividade especifica com bola em grupos divididos em uma parte do campo. A apresentação oficial do Nacional, será nesta terça-feira, 8/1, às 10h, na sede do clube, no bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul.

Quero títulos

O jogador mais conhecido do Nacional para temporada, é o zagueiro Deurick, 37 anos, tricampeão amazonense, um pelo Princesa do Solimões e duas conquistas jogando no Manaus. Campeão ano passado pelo Iranduba, na divisão de acesso para elite do futebol amazonense, o experiente zagueiro não pensa em outra coisa, a não ser no título estadual.

– É um clube que as pessoas falam muito, mas o que me trouxe aqui no Nacional são títulos. Todos sabem que na minha carreira sou um profissional vitorioso, busco muito isso, não estou aqui para somar, mas em busca de títulos. Quero dar calendário para o Nacional novamente e vamos lutar para conseguir isso – disse, mas indagado sobre o Manaus, onde foi capitão e tido como referência, disse que é coisa do passado.

– O Manaus já passou, o meu papel já fiz, demos os dois títulos para eles, não falo sobre isso, mas a diretoria sabe o que fizeram e não tem nada a ver comigo. Hoje vivo o Nacional e o Manaus é passado, mas repito, vamos em busca do título de 2019, não importa o que acontecer, pois quero passar minha experiência e dar o máximo possível de mim aos meus colegas. Vamos fazer uma família da nossa equipe e fazer um bom trabalho – comentou.

Pesou

Ex-Moto Club-MA e com passagem pelo Princesa, o lateral esquerdo Guilherme, disse que recusou outras propostas para retornar ao futebol amazonense, mas agora defender o Nacional no Campeonato Amazonense. Para ele, foi a melhor opção, além de conhecer a competição, o que facilita em sua adaptação.

– É um prazer voltar para o futebol amazonense, principalmente ao Nacional, clube grande e respeitado. Ajudou muito o fato de conhecer o futebol amazonense, e isso pesou em minha volta, pois tive propostas de outros lugares, mas preferi voltar, por ter feito um bom trabalho e campeonato pelos dois clubes. O Nacional tem respeito, é grande e visa voltar a ser o que era antes, e ter um calendário para o próximo ano – definiu, mas apontou os favoritos do campeonato.

– Vejo o Manaus e o Fast Clube, por terem um calendário na temporada. Além disso, tem o Princesa e Penarol, ambos sempre vem fortes, na qual as pessoas estão dando um certo favoritismo. O Nacional não fica para trás e quando chegar a hora dentro de campo a cobrança é a mesma, mas vamos brigar pelo título do campeonato.

Outras postagens...

“Foi um desrespeito”, diz Fajardo sobre críticas e alega clima desfavorável no Manaus após sua saída

Paulo Rogério

These Fitness Tips Help Take Inches off Your Waistline

Paulo Rogério

Fast Clube sente desfalques e empata com o Ji-Paraná-RO pela Série D

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol