SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Referência do Castanhal-PA, Willians Pitbull respeita Fast, mas aposta em nova vitória pela Série D

Volante é um dos principais jogadores do Japiim na Série D. Ele confessou que é a primeira vez que disputa a competição de acesso

Foto: Jivago Lemos / ASCOM CEC

Com passagem por grandes clubes do futebol brasileiro como Flamengo, Internacional, Cruzeiro e Corinthians, além da Udinese, na Itália, o volante Willian Pitbull, 35 anos, é o grande nome do Castanhal-PA, no Campeonato Brasileiro da Série D. O experiente jogador é um dos responsáveis pela campanha do Japiim da Estrada ainda invicto e líder do grupo A1, com 17 pontos na competição. Na abertura do returno na chave, o Castanhal volta a enfrentar o Fast Clube, no sábado, 24/7, às 14h (15h de Brasília), no Estádio Modelão, na cidade de Castanhal.

Apesar do atual momento do time amazonense, Willian Pitbull não vê favoritismo do Castanhal diante do time amazonense, mesmo jogando em casa, mas prega respeito e seriedade no compromisso da equipe em seus domínios. 

– Acho que é um jogo importante para as duas equipes, mas ainda para o nosso time, que está numa crescente no campeonato e precisa pontuar. Vamos respeitar o adversário, que é uma grande e boa equipe. Repito, vamos respeitar, mas com tranquilidade dentro de campo para fazer o resultado e sair com os três pontos da nossa casa – explicou, mas afirmou ao SPORTS MANAUS de manter a regularidade na volta dos jogos pelo returno. 

– Com certeza, acho que tem tudo pra gente conquistar essa próxima vaga. Estamos fazendo o nosso papel que é vencer e ser líder da chave. Sabemos que a segunda etapa é um campeonato diferente, é um mata-mata, enfim, não podemos errar. Que isso sirva de aprendizado nessa fase de grupos de chegar no mata-mata bem cascudo para fazer grandes jogos – confessou o experiente jogador. 

Acostumado a participar de grandes competições pelo país e até fora, Willian Pitbull, confessou que mesmo participando da última divisão do futebol brasileiro, não deixa de ser uma novidade em sua carreira, mas acima de tudo de muita responsabilidade pelo currículo que construiu em sua carreira. 

– Eu avalio como aprendizado para mim também. Nunca tinha jogado uma Série D, é a primeira vez. Com minha experiência estou tentando passar isso para os meninos novos do time, assim como os experientes. Estou feliz, estou aprendendo também com eles, e o que puder passar para ajudar, eu vou passar. Espero que esteja ajudando e vou até o final com a equipe na competição – concluiu o volante. 

Outras postagens...

Manaus FC x São Raimundo: ingresso promocional limitado a R$ 15

Paulo Rogério

“Temos um bom retrospecto em casa”, diz técnico do Moto Club sobre jogo com o Fast, pelo mata-mata da Série D

Paulo Rogério

Com pouco público, Simpósio de futebol de base do AM teve palestrantes de qualidade

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol