full screen background image

São Raimundo empata com CDC Manicoré, conquista Série B do AM em final sem muita empolgação

145

Já classificado para elite do futebol amazonense na próxima temporada, o São Raimundo empatou com CDC Manicoré sem gols e garantiu o título, do Campeonato Amazonense da Série B, na noite deste sábado, 16/12, na Arena da Amazônia. Depois do primeiro semestre complicado sendo rebaixado, com protestos dos torcedores e futuro incerto, o Tufão da Colina ameniza um pouco o ano de altos e baixos, já visando a comemoração dos 100 anos de fundação em 2018.

Faltou pouco para o jogo não acontecer. Isso porque os jogadores do time Bacurau alegando um “bicho extra” prometido pela diretoria, ameaçaram não entrar em campo. Depois de muita conversa nos vestiários, e com a interferência do presidente da FAF, Dissica Valério Tomaz, o time recusou em sua decisão e a partida começou com quase dez minutos de atraso.

Para o treinador Sidney Bento, a equipe conseguiu o acesso e o título em cima de muito trabalho, mas superando os diversos obstáculos, principalmente fora de campo. Ele disse que todos estão de parabéns pela superação, mas lamenta a dispensa de todo grupo e não tem certeza também do seu futuro.

Treinador do Tufão da Colina disse que tudo foi conseguido superando muitas dificuldades (crédito: Paulo Rogério)

– Não tem como manter a base, porque tem alguns emprestados e outros que estavam em negociação. O jeito é começar do zero e formar uma nova equipe em 20 ou 25 dias. Estou feliz por esse desafio, pois sabia das dificuldades que iria encontrar com a pressão da torcida pelos resultados, o clube não ganhava de ninguém esse ano e veio de um rebaixamento. Os jogadores caminharam juntos e todos abraçaram o projeto. Vamos conversar essa semana com a diretoria para acertar se fico ou não.

Com cinco gols no campeonato, o atacante Branco depois de 10 anos voltou a defender o São Raimundo e foi o goleador da competição. Segundo disse ao SPORTSMANAUS, as dificuldades foram muitas, mas todas superadas para o clube alcançar seu objetivo.

– Comecei na reserva e o treinador me deu a oportunidade. Consegui no primeiro jogo que entrei fazer gol. Os jogadores que jogam na frente, visam primeiro o clube, e na sequencia os gols foram saindo, o que veio a artilharia, mas claro é bem vindo para nosso marketing. A conquista a longo prazo é gratificante, porque todos lutaram para isso.

João Carlos Cavalo (amarelo) disse que o dever foi cumprido do acesso do CDC (crédito: Paulo Rogério)

Campeão com Fast Clube ano passado, depois de 43 anos sem conquistar o título, o treinador João Carlos Cavalo comandou o time Bacurau no seu retorno a Série A do Amazonense, depois de seis anos. Para ele, se não fosse a ausência de alguns jogadores, a história poderia ter sido diferente.

– O Ronan foi negociado para o Ceilândia-DF e o Joiner nos últimos dias sentiu a contusão. Já Robinho pediu a passagem para casa dele e não pode participar. No final, conseguimos nosso objetivo de conquistar a vaga a primeira divisão e estou feliz por isso – comentou.

Jogo

Depois de todo imbróglio para o início da final, as duas equipes parece que esqueceram o futebol nos vestiários e nem parceria a disputa de um título, mesmo estando os dois já classificados para o Campeonato Amazonense da Série A.

No primeiro tempo pouca emoção e criatividade para chegar próximo ao gol, mas mesmo assim, ainda houve alguns momentos de perigo de ambos os lados. Aos 13 minutos, o São Raimundo fez sua primeira investida. Pela esquerda Leozinho cruza e Charles de cabeça colocou a bola por cima da meta.

Aos 20 minutos, novamente pela esquerda, mas com Toró driblar o marcador e deixar Charles de frente para gol, na hora do chute o zagueiro tirou a chance de gol do Tufão da Colina. Depois disso, o CDC deu o troco com Victinho pela direita, que chutou cruzado para defesa do goleiro.

Tufão da Colina comemora o retorno a Série A do Amazonense no ano do centenário (crédito: Paulo Rogério)

Em jogada individual pela esquerda por Romarinho, aos 35 minutos, o jogador quase marcou um belo gol para o São Raimundo.

No segundo tempo, os dois times voltaram pior ainda do que fora na etapa inicial. Com um futebol de sem muita motivação e de baixo nível, pouco se criou para chegar pelo menos próximo ao gol. Com passes errados, com um futebol lento, o placar sem gols refletiu o que foi mostrado dentro de campo ao longo do confronto.

Ficha técnica:

Jogo: São Raimundo 0x0 CDC Manicoré

Motivo: Campeonato Amazonense da Série B / final

Local: Arena da Amazônia

Horário: 18h

Árbitro: Freddy Rafael Lopez Fernandez

Árbitros assistentes: Anne Kesy Gomes de Sá e Ueacley Regison Pereira dos Santos

Renda: R$ 9.930,00

Público: 993

Advertências: Pastor, Fábio Gomes, Branco, Charles e Toró (São Raimundo) e Emerson, Thiago Brandão e Gelvane (CDC)

São Raimundo: Jonathan, Railson, Pastor, Fábio Gomes, Leozinho, Toro, Amaral, Tiago Amazonense, Romarinho, Branco (Cassiano) e Charles (Neto). Técnico: Sidney Bento.

CDC Manicoré: Douglas, Emerson, Preto, Thiago Brandão, Gelvane, Rene, Werley, Victinho (Nilson), Sassá, Balotelly (Joiner) e Paulo Sergio) (Uilian). Técnico: João Carlos Cavalo.



Paulo Rogério/sportsmanaus@gmail.com

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) / +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.