SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Sem dinheiro, presidente do Princesa admite montar time modesto para temporada de 2020

Campeão em 2013, quarto colocado com 25 pontos na classificação geral do Campeonato Amazonense da Série A deste ano, o Princesa do Solimões, acostumado a chegar nas finais do estadual nos últimos anos, pode disputar local com um time modesto e sem muitas pretensões.

O presidente do Tubarão, Alexandre Modesto, revelou ao SportsManaus, que enfrenta os mesmos problemas de todos os times do futebol brasileiro: a falta de patrocínio e investidores.

– A gente está correndo atrás de investidores. Esse ano não houve patrocínio do governo e isso dificulta muito nosso trabalho. Já fiquei sabendo que foi arquivado outra proposta, ou seja, isso não é legal para os clubes e o futebol amazonense. Vamos insistir, correr atrás de nossos patrocinadores, conversar com o prefeito de Manacapuru para ele nos dar uma ajuda – comentou.

Preocupado com a situação do clube de montar um grupo competitivo para disputar as fases finais do campeonato e até o título nos últimos anos, o dirigente admite que ano que vem o time pode vir com uma equipe abaixo das expectativas.

– Isso é fato, o Princesa não pode vir com um time competitivo no estadual, mas ainda é cedo para se falar nessa situação, mas pode acontecer. Vamos procurar alternativas e procurar fazer o melhor para o clube. Temos o time sub-21 e devemos aproveitar alguns atletas que estão disputando o campeonato da categoria – disse, mas afirmou que mesmo assim, não tem nada de concreto com relação a contratação de jogadores.

– Ainda não temos jogadores apalavrados, mas somente na conversa. Recebi a ligação de dois empresários de Belém, mas estamos conversando, enfim, o certo é que vamos aproveitar alguns atletas do time sub-21, ou então, fazer um time caseiro. Vai depender muito, pois a gente está em negociação e conversando sobre isso.

Sobre o treinador, comissão técnica e até dirigentes com história dentro do Princesa, Alexandre Modesto, disse também que não tem nada definido, mas espera que tudo seja fechado o mais breve possível, pois o campeonato já tem o calendário de disputa definido.

– Sobre o Raphael Maddy e o Holofernes Leite, se permanecem ou não, não posso responder por eles, mas atrás deles a gente vai, mas não posso responder por eles. Estou aguardando isso e a gente vai conversar. Já sei o início do campeonato, vamos nos reunir para colocar o Princesa em campo, mas o time vai disputar o campeonato. Com relação ao técnico, temos em Manacapuru. Vamos conversar, pois temos dois treinadores na cidade, sendo um deles o Marquinhos Piter, que pode voltar. Tudo é possível – revelou o presidente.  

Outras postagens...

Manaus vence Santa Cruz com dois de Vanilson e emplaca a primeira vitória na Série C

Paulo Rogério

Com estreia pela Série D diante do Fast em casa, técnico do Galvez-AC afirma único objetivo: “Somar os três pontos”

Paulo Rogério

De volta ao 3B, Marcelo Tchelo diz que o objetivo é o acesso a elite do futebol feminino em 2021

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol