SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Simultaneamente no estadual, técnico do Náutico-RR acredita na vitória diante do Amazonas pela Série D

O Alvirrubro perdeu na estrei em casa para o Porto Velho-RO por 3 a 0.

Foto: Arquivo pessoal

Após o tropeço em casa na estreia, o Náutico-RR quer conquistar sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro da Série D. Pela segunda rodada, o Alvirrubro encara o Amazonas, neste domingo, 24/4, às 15h (16h de Brasília), no Estádio Ismael Benigno, a Colina. Além da divisão de acesso, o Náutico disputa simultaneamente o Campeonato Roraimense. A equipe é semifinalista do segundo turno diante do Real, na quarta-feira, 27/4, no Estádio Canarinho.

Em sua primeira participação na Série D, mas no comando desde dezembro do ano passado, o técnico Mário Custódio, o Marinho, 46 anos, afirmou que jogar o estadual e a divisão de acesso, tem seus pontos positivos e negativos, mas acredita em um bom resultado.

– O resultado de empate fora de casa, sempre é um bom resultado, mas claro que vamos jogar para vencer a partida, mas é um jogo muito difícil. Por disputar o estadual dá para ter uma espinha dorsal do time e ter um certo entrosamento. Temos alguns jogadores que vão jogar, mas que não estão jogando o estadual, porque não chegaram a tempo – explicou ao SPORTS MANAUS, mas ainda frisou.

– Aí muda um pouquinho nossa forma de jogar, além disso, também há um desgaste, porque o jogo com o Amazonas é domingo. A gente volta na segunda-feira, para Boa Vista, se não me engano chega na terça-feira. Já na quarta-feira, temos o jogo pela semifinal do campeonato.

LEIA MAIS: 

Com o drama de jogar duas competições, o treinador do Alvirrubro, reconhece que isso pode ser um fator complicado, pois o deslocamento para o local da partida se torna outro obstáculo, em razão das horas de voo e das conexões no trajeto.

– Esse desgaste é grande, porque no domingo de novo teremos outra rodada da Série D. Tenho que ter um elenco, que possa rodar nos jogos. Por um lado é bom, mas por outro se tem um desgaste excessivo dos atletas. Temos que ter esse controle e cuidado sobre isso – disse, mas citou ainda outra preocupação.

– Temos alguns desfalques para essa rodada, mas nós somos um grupo e o trabalho foi feito para superar tudo isso. Espero que a gente consiga fazer um resultado positivo diante do Amazonas, nesse jogo fora de casa. Eles vêm de vitória, mas são 90 minutos e trabalhamos para alcançar nosso resultado positivo – salientou Marinho.

 

 

Outras postagens...

São Paulo estreia no Brasileiro com derrota para o Botafogo no Engenhão

Paulo Rogério

Em busca da consolidação no G8 na Série C, técnico do São Bernardo-SP define jogo com Manaus: “Como se fosse uma final”

Paulo Rogério

Fajardo convoca torcida: ‘Uma boa oportunidade para o público comparecer’

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...