SportsManaus
ESPORTE AMADOR

Técnico da seleção feminina de vôlei lembra derrota para China, mas diz que novo ciclo começa agora

A cidade de Manaus foi escolhida pela seleção brasileira feminina de vôlei para a arrancada rumo aos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Depois do desembarque no início da tarde desta segunda-feira, 29, a delegação canarinho participou de uma tarde de autógrafos. A noite, a equipe realizou seu primeiro treino, visando o amistoso com a Republicana Dominicana, nesta terça-feira, 30, às 20h30 (21h30 de Brasília), no próprio local do treino.

Com dois títulos olímpicos, em Pequim em 2008 e Londres em 2012, a seleção brasileira busca um novo caminho, depois da derrota histórica para China por 3 sets a 2, no Rio 2016. Após a saída das estrelas Jaqueline Carvalho, Fabiana Claudino e Sheilla Castro, o técnico José Roberto Guimarães, convocou algumas promessas, como as ponteiras Edinara e Fernanda Tomé, do São Cristovão Saúde/São Caetano (SP). Nesse ciclo olímpico, a equipe ainda conta com as campeãs olímpicas, Natalia e Tandara.

Zé Roberto disse que novo ciclo começa, em Manaus (crédito: MAURO NETO/SEJEL)

Nesse ano, a seleção brasileira tem como a primeira competição, a 32ª edição do Montreux Volley Masters, de 6 a 11 de junho. Além disso, as meninas do Brasil ainda vão disputar o Grand Prix, o Campeonato Sul-Americano e a Copa dos Campeões.

Antes do treino da seleção brasileira, o comandante José Roberto Guimarães, lembrou ao SPORTS MANAUS, que a derrota para China na última Olímpiada, não pode apagar todo um trabalho realizado de conquistas do vôlei brasileiro feminino.

– Nunca podemos esquecer que aquela seleção que perdeu foi bicampeã olímpica. Nós lembramos muito forte das derrotas e pouco das vitórias. Nesse passado houve em torno de 140 jogos, onde tivemos cerca de 125 vitórias. É um ciclo bastante vitorioso e que a China naquele jogo foi melhor do que nós. Isso faz parte do contexto, quando nós começamos mal em Londres, quase ficamos fora, mas depois fomos campeãs olímpicas. O importante é começar um ciclo e estar entre as melhores seleções do mundo.

O segundo amistoso entre as duas seleções nacionais será nesta quinta-feira, dia 1º de junho, às 21h30, na Arena Guilherme Paraense, em Belém.

Jogadoras do Brasil se posicionam na quadra (crédito: Paulo Rogério)

Outras postagens...

Marcus D’Almeida é destaque no Brasileiro de tiro com arco

Paulo Rogério

Com Avancini sendo decisivo, Brasil recebe Copa do Mundo de MTB

Paulo Rogério

Zezão Handebol Clube treina para Taça Amazônica Adulto Masculino em RO, mas pede ajuda por passagem

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol