full screen background image

Técnico da seleção feminina de vôlei lembra derrota para China, mas diz que novo ciclo começa agora

145

A cidade de Manaus foi escolhida pela seleção brasileira feminina de vôlei para a arrancada rumo aos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Depois do desembarque no início da tarde desta segunda-feira, 29, a delegação canarinho participou de uma tarde de autógrafos. A noite, a equipe realizou seu primeiro treino, visando o amistoso com a Republicana Dominicana, nesta terça-feira, 30, às 20h30 (21h30 de Brasília), no próprio local do treino.

Com dois títulos olímpicos, em Pequim em 2008 e Londres em 2012, a seleção brasileira busca um novo caminho, depois da derrota histórica para China por 3 sets a 2, no Rio 2016. Após a saída das estrelas Jaqueline Carvalho, Fabiana Claudino e Sheilla Castro, o técnico José Roberto Guimarães, convocou algumas promessas, como as ponteiras Edinara e Fernanda Tomé, do São Cristovão Saúde/São Caetano (SP). Nesse ciclo olímpico, a equipe ainda conta com as campeãs olímpicas, Natalia e Tandara.

Zé Roberto disse que novo ciclo começa, em Manaus (crédito: MAURO NETO/SEJEL)

Nesse ano, a seleção brasileira tem como a primeira competição, a 32ª edição do Montreux Volley Masters, de 6 a 11 de junho. Além disso, as meninas do Brasil ainda vão disputar o Grand Prix, o Campeonato Sul-Americano e a Copa dos Campeões.

Antes do treino da seleção brasileira, o comandante José Roberto Guimarães, lembrou ao SPORTS MANAUS, que a derrota para China na última Olímpiada, não pode apagar todo um trabalho realizado de conquistas do vôlei brasileiro feminino.

– Nunca podemos esquecer que aquela seleção que perdeu foi bicampeã olímpica. Nós lembramos muito forte das derrotas e pouco das vitórias. Nesse passado houve em torno de 140 jogos, onde tivemos cerca de 125 vitórias. É um ciclo bastante vitorioso e que a China naquele jogo foi melhor do que nós. Isso faz parte do contexto, quando nós começamos mal em Londres, quase ficamos fora, mas depois fomos campeãs olímpicas. O importante é começar um ciclo e estar entre as melhores seleções do mundo.

O segundo amistoso entre as duas seleções nacionais será nesta quinta-feira, dia 1º de junho, às 21h30, na Arena Guilherme Paraense, em Belém.

Jogadoras do Brasil se posicionam na quadra (crédito: Paulo Rogério)



EDITOR - Paulo Rogério Veiga, comunicador esportivo, repórter, radialista e agente business de jogadores e treinadores. Contato 55+ (92) 99171-9226 vivo/watsap / 55+ (92) 98193-1304 tim/watsap. Email: pauloreporter@hotmail.com / pauloimprensa@gmail.com Leia mais em sobre o editor clicando aqui.