SportsManaus
NOTÍCIAS

Vazou áudio! Mancini revela por que saiu e São Paulo responde

Da redação do SportsManaus, com informações da GAZETA ESPORTIVA – Tiago Salazar – São Paulo, SP

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

O clima no São Paulo segue borbulhando. Para colocar ainda mais lenha na fogueira, um áudio polêmico de Vagner Mancini vazou na manhã desse sábado e se espalhou pelas redes sociais.

Na áudio, o ex-coordenador de futebol do São Paulo deixa claro sua insatisfação com a postura da diretoria tricolor, e aponta Daniel Alves como responsável direto pela contratação de Fernando

– Sabe porque eu saí, boleirão? Porque eu fui efetivado no cargo, aí quatro horas depois disso, o Daniel Alves foi lá pedir o Fernando Diniz. Eles (diretoria) me chamaram e falaram que estavam em dúvida. Falei: ‘Ué, se estão em dúvida, vão atrás do Diniz que estou indo embora. Tchau!’. Foi isso.

Vagner Mancini confirmou a veracidade e autoria do áudio vazado em contato feito pela Gazeta Esportiva. O ex-dirigente são-paulino, porém, explicou que prefere não se manifestar além disso no momento.

Vagner Mancini havia sido escolhido pelo São Paulo para substituir Cuca até o final da temporada. Mas, após cerca de quatro horas, Fernando Diniz foi, de fato, contratado. Imediatamente, Mancini pediu demissão e Diniz chegou pouco tempo depois para comandar o primeiro treino no CT da Barra Funda.

A estreia do novo treinador está marcada para esse sábado, contra o Flamengo, no Maracanã, às 19h, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

São Paulo responde
Por meio de sua assessoria de imprensa, o São Paulo atendeu o contato feito pela Gazeta Esportiva e respondeu as palavras vazadas de Mancini.

O clube entende que a versão dita por Mancini revela uma frustração pelo fato do ex-coordenador não ter sido escolhido para suceder Cuca em uma função que o próprio Mancini garantiu por diversas vezes que não tinha pretensão em assumir.

O São Paulo ainda reitera o discurso do diretor executivo de futebol Raí, de que a escolha de Fernando Diniz não tem absolutamente nada com Daniel Alves, particularmente.

O camisa 10 foi consultado assim como todo o grupo em função da peculiaridade de jogo de Fernando Diniz. A cumplicidade do elenco, o entendimento e concordância eram necessários, segundo o clube, que não deixa de admitir ter sido fundamental esse retorno positivo para a contratação ser efetivada.

Por fim, o São Paulo lamenta a postura de Mancini, já que o projeto junto a ele nunca foi para ser técnico, e reforça que o momento não era para um “tampão”, e sim para um novo projeto.

Outras postagens...

CBB e Comitê de Clubes divergem sobre direcionamento de recursos

Paulo Rogério

Vila dos Atletas precisa ser o local mais seguro de Tóquio, afirma COI

Paulo Rogério

Repórter da Globo é afastado ao vivo no Jornal Nacional por envolvimento no caso Neymar

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol