SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL INTERNACIONAL

Vinicius Jr. destrói com hat-trick ainda no 1° tempo, Real Madrid goleia Barcelona no El Clásico e é campeão da Supercopa da Espanha

Da redação do Sports Manaus, com informações – ESPN.com.br – 14 de jan, 2024, 17:50

Foto: Helios de la Rubia y Antonio Villalba / Real Madrid

Real Madrid é campeão da Supercopa da Espanha! E o título veio em uma ocasião para lá de especial. Neste domingo (14), no Estádio Al Awwal, em Riade, na Arábia Saudita, o Merengue enfrentou o seu arquirrival Barcelona no El Clásico, que teve transmissão ao vivo pela ESPN no Star+, e levantou a taça após goleada por 4 a 1, que contou com uma grande atuação de Vinicius Jr..

Com o título, o Real chegou à sua 13ª conquista de Supercopa e agora está a apenas uma taça de distância do arquirrival, que foi campeão em 14 oportunidades, sendo a mais recente na última temporada (2022/23).

Vale lembrar que esta é a quinta temporada consecutiva que o novo formato da competição, agora com quatro times envolvidos, é disputado, e o Merengue já chegou à sua terceira conquista. Barça e Athletic Bilbao também foram campeões durante o período.

Para chegarem à final, Real Madrid e Barcelona eliminaram, respectivamente, Atlético de Madrid e Osasuna.

Como foi o El Clásico

O clássico começou a todo vapor em terras sauditas. E com 10 minutos de bola rolando, o Merengue já tinha dois gols de vantagem no placar, ambos marcados por Vinicius Jr..

Quem chegou primeiro com perigo, porém, foram os catalães. Aos 4, Ilkay Gündogan recuperou a bola no campo de ataque e lançou na área, mas Ferran Torres furou a finalização e, na sequência, Dani Carvajal deu um chutão para afastar.

Foi então que, aliando a visão de jogo de Jude Bellingham à habilidade de Vini Jr., o Real inaugurou o marcador. O meia inglês deu assistência açucarada para o brasileiro, que ficou cara a cara com Iñaki Peña, deixou o goleiro do Barça na saudade e fez 1 a 0 em grande estilo em Riade.

Na comemoração, o camisa 7 inclusive comemorou ao bom e velho estilo Cristiano Ronaldo e imitou a famosa celebração do astro português, enquanto os torcedores presentes responderam com o “siiiiiiiu”.

Três minutos se passaram e o Real Madrid ampliou. E agora foi Rodrygo quem deu assistência para Vinicius Jr. fazer o seu segundo gol na partida, deslizando para empurrar a bola para o fundo das redes como um autêntico centroavante.

Apesar dos dois gols, o Barcelona tentou frear o embalo de seu arquirrival e descontou com uma bela pintura de Robert Lewandowski. O camisa 9 culé aproveitou bola mal afastada por Antonio Rüdiger dentro da área e, de primeira, soltou a bomba para estufar as redes e colocar ainda mais fogo no clássico.

O que os catalães não esperavam, porém, era que o Real Madrid voltaria a ter dois gols de vantagem no placar antes do intervalo. E tudo por conta de uma pênalti cometido por Ronald Araújo em cima de Vini Jr.. O árbitro assinalou a penalidade na hora e, na cobrança, o camisa 7 fez o 3 a 1, chegando a um incrível hat-trick em apenas 39 minutos.

Na volta para o segundo tempo, os merengues mantiveram o domínio diante do arquirrival e transformaram a vitória em goleada. Aos 19 minutos, Rodrygo aproveitou bobeada da defesa do Barcelona e, dentro da área, finalizou após ficar com o rebote dado pelos catalães no seus pés.

Para piorar ainda mais a situação do Barça, Araújo, que já tinha cartão amarelo por conta do pênalti cometido, recebeu mais um cartão e acabou expulso, deixando a sua equipe com um a menos a partir dos 26 do segundo tempo.

Aos 37 minutos, Vini Jr. deixou o campo e foi substituído por Eduardo Camavinga. O brasileiro, que foi o grande destaque da decisão, recebeu uma chuva de aplausos enquanto se dirigia à saída do gramado. No fim, ainda teve oficializado o troféu de craque da partida.

Por outro lado, Vitor Roque, que foi relacionado pelo técnico Xavi para a final, sequer deixou o banco de reservas e não foi utilizado pelo Barça.

Vinicius Jr. iguala marca histórica com hat-trick

Com o hat-trick “relâmpago” anotado na Arábia Saudita, o astro brasileiro também alcançou uma marca emblemática pelo Real Madrid.

Vinicius Jr. se tornou o primeiro brasileiro, em 30 anos, a conseguir marcar três gols no El Clásico. O último a conseguir este feito foi ninguém menos do que Romário, com a camisa do Barça, em 1994.

Além da dupla, somente Evaristo de Macedo, também pelo lado catalão, em 1958, conseguiu um hat-trick no maior clássico do futebol mundial.

Já o último jogador do Merengue a conseguir marcar três vezes contra o Barcelona em um tempo foi o chileno Iván Zamorano, em 1995.

Próximos jogos do Real Madrid:

Próximos jogos do Barcelona:

 

 

 

 

 

 

Outras postagens...

Botafogo tentará efeito suspensivo para contar com Tiquinho e Marçal na sequência do Carioca

Paulo Rogério

“Vamos trabalhar para evoluir”, afirma presidente do Librade ao completar sete anos de fundação

Paulo Rogério

Com atuação apática, Manaus vence de virada o Náutico na estreia da Série C

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...