SportsManaus
NOTÍCIAS

Com adversário monitorado, técnico do Vila Nova-GO já sabe caminho para vencer Manaus pela Copa do Brasil

Com acesso apenas para alguns minutos para uma pequena coletiva, o Vila Nova-GO, depois fechou os portões do estádio Carlos Zamith, na tarde desta terça, 12/2, zona Leste da cidade para fazer os últimos ajustes para jogo decisivo com Manaus, pela primeira fase da Copa do Brasil, na quarta-feira, 13/2, às 20h30, no estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste.

Terceiro colocado com 11 pontos, no Campeonato Goiano, o Tigrão não perde há três jogos pelo estadual. A equipe vem de um empate com Goianésia em 2 a 2, depois de estar perdendo por 2 gols de diferença. No total, são seis jogos no campeonato, sendo três vitórias, dois empate e apenas uma derrota, justamente no clássico para o Goiás por 2 a 0, pela terceira rodada do regional.

Diferente

Depois da longa viagem, com pouco tempo de descanso e jogando fora de casa, mesmo com a vantagem do empate, o comandante do Vila Nova, Umberto Louzer, afirmou ao SportsManaus, que o time entra em outra competição, mas com objetivo de buscar a classificação.

–  Vamos focar naquilo que queremos, ou seja, neutralizar as ações do adversário, mas também explorar para sair de Manaus com uma vitória e nossa classificação. É um jogo diferente, muda a questão do campeonato, eles (Manaus) fizeram um período maior de preparação do que nós. Acho que se iguala tudo, é uma competição diferente, um único jogo, mas temos que diminuir os riscos, impor a nossa maneira de jogar para conseguirmos ao término da partida nossa meta – concluiu, mas ainda destacou.

– A equipe do Manaus é qualificada, nos dois jogos que observamos deles, mostra potencial. Temos que ser muito bem organizados na parte defensiva para poder neutralizar as movimentações e a maneira como eles gostam de jogar. Quando tivermos a posse de bola não abrir mão daquilo que estamos trabalhando em nossos jogos, para que possamos surpreender e levar o resultado para Goiânia.

Experiência

Campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes da FIFA pelo São Paulo, em 2005, o atacante Danilo, de 39 anos, é o grande destaque do Tigrão. Com passagem também pelo Goiás, Kashima Antlers (Japão) e Corinthians, o jogador disse que no futebol tudo se iguala e não existe favoritismo nem de um lado e nem do outro.

–  Nós viemos para Manaus fazer nossa parte, porque futebol e camisa não ganha mais jogo. Quem jogar melhor, for mais dedicado, mais organizado vai ganhar. Temos que respeitar a equipe deles. Nós viemos para fazer um grande jogo e conseguir a vaga. A partida é difícil, mas temos essa vantagem do empate, porém, não podemos jogar pensando nisso. Nossa equipe vem numa crescente a cada partida, e somente assim vamos sair classificados de Manaus.

Outras postagens...

Conheça a PR10 Comunicação, empresa de assessoria que tem crescido no futebol

Paulo Rogério

“Muito especial”, afirma técnica da Ferroviária sobre decisão com Corinthians pelo Brasileiro Feminino

Paulo Rogério

Agora é oficial! Corinthians anuncia a contratação do técnico Tiago Nunes

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol