SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Na primeira semi, Manaus vence Nacional por 3 a 0 e fica perto da final do Amazonense

Foto: João Normando / FAF

Para quem jogava com a vantagem, pode-se dizer, que teoricamente o Manaus assegurou sua vaga na grande final do Campeonato Amazonense. Com dois gols de Diego Rosa na cobrança de pênalti e um de Assis, o Gavião do Norte venceu o Nacional por 3 a 0, e abriu uma ampla frente para o jogo de volta da semifinal. Com os gols de Diego Rosa, o jogador assumiu a artilharia, agora com seis gols. O primeiro confronto da semi foi realizado na tarde deste sábado, no estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da cidade.  

Com placar muito favorável, o Manaus pode até perder por três de diferença, que mesmo assim se classifica para a decisão. Já o Naça, resta apenas lutar por um ‘milagre’ para reverter uma situação praticamente impossível. O jogo de volta será no sábado, 8/5, às 16h (17h de Brasília), na Arena da Amazônia, zona Oeste da capital. 

Jogo 

Marcando sob pressão, o Manaus conseguiu o primeiro lance de perigo. Aos seis minutos, Baé não consegue dominar a bola, Gabriel Davis aproveita para servir Erivelton, que chuta de canhota, mas a bola passa por cima da meta de Adrian do Naça. 

O Gavião tinha a posse de bola e procurava chegar no toque de bola. Aos 16 minutos, pelo meio, Diego Rosa tentou o lance, mas foi derrubado por Leozinho. Na cobrança, Thiago Spice bate forte, mas explode na barreira, na sequência Edvan faz o cruzamento, mas nas mãos do goleiro do time azulino.

Mesmo com o domínio da partida, o Manaus criou poucas oportunidades. Aos 31 minutos, pela esquerda, Assis cruza na área, a bola bate na zaga e sobra para Diego Rosa, que toca para Erivelton. O jogador domina e chuta no canto esquerdo do goleiro e quase marca.

Na primeira vez que o Naça chegou próximo ao gol, foi na cobrança de falta. Aos 34 minutos, pela esquerda Romão cobra, mas em cima do goleiro Gleibson que segurou com segurança no meio da meta do Gavião. 

O lance anterior animou o Nacional. Aos 36 minutos, Leozinho puxa o contra-ataque pela direita, vira para Vitinho na esquerda. O jogador toca na área para Roberto, que deixa passar e Baé de frente para a meta chuta por cima do gol de Gleibson. 

Aos 47 minutos, o Gavião abriu o marcador. Pela direita, Gabriel Davis bate falta na área e Assis de costas toca de cabeça no canto esquerdo do goleiro Adrian, 1 a 0.

O Nacional voltou mais ofensivo no segundo tempo, pois tinha que mudar o resultado a qualquer custo. Aos oito minutos, pela esquerda, Leozinho cruza e Lucas Gadelhas toca no canto esquerdo de Gleibson com perigo.

Aos nove minutos, o Manaus chegou com chance de marcar. Em jogada rápida, Erivélton de frente para a meta passa para Vanilson, que entrava pela esquerda. O jogador domina e chuta, mas o goleiro Adrian defende e evita o segundo gol do Gavião. 

O Naça jogava com mais intensidade no ataque, aos 18 minutos, Renatinho recebe um passe de frente para o gol do Gavião, e chuta, a bola bate no peito do goleiro Gleibson. O jogador teve que segurar a bola para evitar a presença de Leozinho do Naça por perto. 

Aos 26 minutos, boa triangulação do Leão da Vila Municipal. Renatinho toca para Marcelo na direita em velocidade. O jogador cruza na área para Lucas Gadelha, mas o goleiro Gleibson se antecipa e segura a bola sem dar rebote. 

Aos 27 minutos o árbitro marca pênalti, após Guilherme Amorim pela esquerda lançar na área, o zagueiro Cris toca na bola e o árbitro marca pênalti. Após 30 minutos, Diego Rosa bate no canto esquerdo e o goleiro Adrian cai no canto oposto, 2 a 0.

Com placar muito desfavorável, o Nacional tentava diminuir o marcador. Aos 37 minutos, Renatinho enfia uma bola entre a zaga do Gavião para Max, que chuta, mas Gleibson defende. O lance foi anulado, porque o jogador azulino estava impedido. 

Aos 41 minutos, o Manaus chegou ao ataque, depois da falha da zaga do Naça. Pela esquerda Gabriel Davis cruza, Romão tenta tirar a bola e acaba acertando a cabeça de Vanilson. O árbitro marca pênalti de novo. Aos 42 minutos, novamente na cobrança, Diego Rosa bateu a meia altura no canto direito para ampliar, 3 a 0.

FICHA TÉCNICA

NACIONAL 0X3 MANAUS 

Motivo: Campeonato Amazonense de 2021 – Semifinal / Jogo de ida 

Local: Estádio Ismael Benigno, a Colina – Manaus/AM

Data: 1º/05/2021 – Sábado 

Horário: 16h (17h de Brasília) 

Árbitro: Raimundo José Azevedo de Medeiros

Assistentes: Jander Rodrigues Lopes e Wendell Saraiva da Silva

Renda: —

Público: —

Gols: Assis 48min 1ºt, Diego Rosa 30min 2ºt e 42min 2ºt ambos de pênalti (Manaus)

Cartões amarelos: Romão, Anderson Bandeira, Marcelo, Cris, Renatinho e Antony (Nacional) e Luís Fernando, Vinicius Barba e Assis (Manaus) 

Expulsão: —

NACIONAL: Adrian, Marcelo, Henrique, Cris, Anderson Bandeira (Antony), Romão, Vitinho (Max), Baé (Bruno), Leozinho, Renatinho (Rafinha) e Roberto (Lucas Gadelha).

Técnico: Alan George.

MANAUS: Gleibson, Edvan (Guilherme Amorim), Luís Fernando, Thiago Spice, Assis (Dudu Mandai), Vinícius Barba, Gabriel Davis, Gilson (Vanilson), Erivélton (Philip), Anderson Paraíba (Marcelinho ) e Diego Rosa.

Técnico: Luizinho Lopes.

 

Outras postagens...

No resgaste de pessoas, idealizador do Campeonato Evangélico explica o objetivo e sucesso da competição

Paulo Rogério

Google Android O: Top Features, Release Date, Device Compatibility

Paulo Rogério

Em terceiro no grupo, técnico do Fast prevê jogo difícil com Vilhenense-RO, pela Série D

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol