SportsManaus
NOTÍCIAS

UFC: Durinho atropela Woodley, abre buraco no rosto de ex-campeão e fica na cara do gol por disputa de título

Da redação do Sports Manaus, com informações da ESPN.com.br 

Foto: Getty Images 

Se você ainda não o conhece, guarde esse nome: Gilbert Durinho! O brasileiro deu mais um espetáculo na noite deste sábado, no UFC em Las Vegas. Diante de um ex-campeão, ele simplesmente atropelou. Foram dois knockdowns, com direito a um buraco incrível aberto em cima do olho esquerdo de Tyron Woodley. O nocaute não veio, mas a vitória foi completamente incontestável na decisão unânime dos jurados (50-45, 50-44 e 50-44).

Durinho, agora, fica na cara do gol por uma chance de disputar o título da categoria, que está atualmente nas mãos de Kamaru Usman, seu amigo e companheiro de treinos.

Conteúdo patrocinado por Sportingbet

“Vamos lá, eu amo o campeão, Kamaru é o meu irmão. Tenho muito respeito por ele, mas eu sou o próximo. Ele bateu o ex-campeão, eu fiz o mesmo, talvez até melhor. Eu não tenho nenhum arranhão, nada, posso lutar em julho. Quero lutar pelo título”, disse Durinho.

“Brasil, eu vou trazer esse cinturão para vocês”, completou.

Afinal de contas, Woodley era o número 1 do ranking da categoria. Durinho, que era o 6º, tem tudo para ganhar posições.

E merecidamente! O brasileiro está simplesmente invicto desde que subiu dos pesos leves para os meio-médios. São agora quatro vitórias em quatro lutas. E todas elas de peso: Alexey Kunchenko (até então invicto), Gunnar Nelson, Demian Maia e agora Tyron Woodley.

Neste sábado, Durinho surpreendeu Woodley logo nos primeiros momentos da luta. O brasileiro encaixou um direto, levou o ex-campeão a knockdown, ficou por cima no chão e castigou demais com golpes no rosto. Campeão mundial no jiu-jitsu, ele acabou não conseguindo a finalização, mas abriu um buraco enorme em cima do olho esquerdo do rival.

No segundo round, Durinho continuou mostrando domínio e conseguiu levar Woodley para o chão – e vale lembrar que o norte-americano tem uma das melhores defesas da categoria.

O domínio em pé continuou no terceiro assalto e aumentou ainda mais no quarto, quando o brasileiro conseguiu mais um knockdown em uma sequência incrível de golpes no rosto de Woodley. Durinho chegou a partir para o estrangulamento no fim do round, mas não teve tempo de conseguir.

Veja os resultados do UFC: Durinho vs. Woodley

CARD PRINCIPAL
Gilbert Durinho (BRA) venceu Tyron Woodley (EUA) na decisão unânime dos jurados (50-45, 50-44 e 50-44) – meio-médio
Augusto Sakai (BRA) venceu Blagoy Ivanov (BUL) na decisão dividia dos jurados (27-30, 29-28 e 29-28) – pesados
Billy Quarantillo (EUA) venceu Spike Carlyle (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) – peso combinado
Roosevelt Roberts (EUA) finalizou Brok Weaver (EUA) com um mata-leão aos 3:26 – peso combinado*
Mackenzie Dern (EUA) finalizou Hannah Cifers (EUA) com uma chave de joelho aos 2:36 do 1º round – palhas feminino

CARD PRELIMINAR
Katlyn Chookagian (EUA) venceu Antonina Shevchenko (QUI) na decisão unânime dos jurados (30-25, 30-25 e 30-25) – moscas
Daniel Rodriguez (EUA) venceu Gabriel Green (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-27) – meio-médio
Jamahal Hill (EUA) nocauteou Klidson Abreu (BRA) a 1:51 do 1º round – meio-pesados
Brandon Royval (EUA) finalizou Tim Elliott (EUA) com um katagatame aos 3:18 do 2º round – moscas
Casey Kenney (EUA) finalizou Louis Smolka (EUA) com uma guilhotina aos 3:03 do 1º round – galos
Chris Gutiérrez (EUA) nocauteou Vince Morales (EUA) aos 4:27 do 2º round – penas

* Weaver não bateu o peso

Outras postagens...

Filipe Luís e Flamengo têm acordo muito bem encaminhado

Paulo Rogério

Com coletivo forte e brilho individual, Fluminense goleia o Atlético Nacional

Paulo Rogério

‘Bienvenido, Don Ramón!’: Botafogo oficializa contratação de técnico Ramón Díaz, multicampeão no River

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol