SportsManaus
COPA DO BRASILFUTEBOLFUTEBOL NACIONAL

Apesar da vantagem diante do Corinthians pela Copa do Brasil Sub-20, técnico do Flu diz: “Temos uma filosofia ofensiva e buscamos sempre a vitória”

Foto: Leonardo Brasil/ Fluminense FC

No primeiro confronto da 3ª fase da Copa do Brasil Sub-20, a garotada do Fluminense foi muito mais além do que uma simples vitória diante do Corinthians, mas aplicou uma goleada e garantiu uma boa vantagem para a partida de volta. A um passo da próxima fase, a garotada do Flu entra em campo nesta terça-feira, 19/9, às 19h (de Brasília), no Parque São Jorge, na capital paulista. No primeiro confronto, em casa, o Tricolor venceu bem por 4 a 0.

Apesar da boa vantagem, o comandante do Fluminense, Ricardo Resende, realizou todo o trabalho em campo para garantir a vaga, mas principalmente qualquer euforia de um ‘já ganhou’ antecipado, sem antes entrar em campo.

– Temos um trabalho multidisciplinar em Xerém, que conta com um departamento psicossocial e psicológico muito forte e atuante para evitar que a gente caia em qualquer tipo de armadilha que possa nos desconcentrar do nosso objetivo. Vencemos o primeiro jogo, mas foi só o primeiro passo em um duelo de 180 minutos. Precisamos entrar em campo e confirmar a nossa classificação, fazendo um grande jogo, respeitando o nosso adversário e sendo inteligentes – alertou ao SPORTS MANAUS.

LEIA MAIS:

Mesmo jogando fora e um bom placar no primeiro jogo, o treinador afirmou que a postura tática da equipe não muda, pois é manter o mesmo foco e determinação, sem pensar em qualquer vantagem em campo.

– Aqui no Fluminense temos uma filosofia ofensiva e buscamos sempre a vitória, tanto dentro da nossa casa, como na casa dos nossos adversários. Entendemos, que uma grande forma de demonstrar respeito ao nosso adversário é jogarmos tudo o que podemos, desde o início da partida. Sabemos que temos uma vantagem, mas estamos indo para o jogo com o pensamento em vencer, mas claro, que de forma inteligente e sabendo que temos uma vantagem – declarou Ricardo.