SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

No Arruda, Manaus quebra invencibilidade do Santa Cruz e segue na briga por vaga na Série C

Foto: Twitter / Rafael Melo / Santa Cruz

Após três empates consecutivos quando teve a chance de vencer, o Manaus finalmente conquistou uma vitória importante diante do Santa Cruz por 2 a 1, com dois gols de Hamilton, pelo Campeonato Brasileiro da Série C. O resultado deixa o Gavião do Norte, dentro do G4, na quarta colocação, com 23 pontos e na luta por uma vaga na próxima fase. A partida pela 16ª rodada, foi realizado na noite deste sábado, no Estádio do Arruda, em Recife.

Pela penúltima rodada, o Manaus joga em casa com o Remo, no sábado, 28/11, às 18h (19h de Brasília), na Arena da Amazônia, na capital amazonense. Já o Santa Cruz, enfrenta o Jacuipense-BA, na segunda-feira, 30/11, às 19h (20h de Brasília), no Estádio do Pituaçu, em Salvador.

Jogo

O jogo começa bem movimentado, mas com poucas chances de ataque criadas de ambos os lados. Aos 12 minutos, o Manaus chegou com Márcio Passos na entrada da grande área, mas não aproveitou e chutou por cima do gol de Maycon Cleiton.

O Gavião do Norte não se importou com o adversário e saiu para o jogo. Aos 19 minutos, após uma cobrança de falta por Philip, a bola bate na barreira e na sobra Gilson chuta por cima da meta e perde uma boa chance de levar perigo ao gol do adversário.

O Manaus continua jogando um pouco melhor em relação ao Santa Cruz. Aos 27 minutos, pela direita Philip passa pelo marcador e passa para Janeudo, que bate forte e a bola explode nas redes pelo lado de fora.

A Cobra Coral até que articulava as jogadas para chegar com mais perigo a meta de Gleibson. Aos 31 minutos, de frente para a meta, Lourenço na hora de bater, é brecado pela zaga do Manaus que tira o perigo de gol. Aos 34 minutos, novamente Lourenço na entrada da área chuta, mas a bola passou perto da trave do Gavião.

O Santa Cruz no final do primeiro tempo, começou a pressionar um pouco mais. Aos 42 minutos, pela direita Lourenço cruza e Pipico de cabeça quase marcou, mas Gleibson se esticou e salvou a meta do Manaus. No final, outra boa chance do Santa. Na cobrança de falta, Lourenço bate no canto, mas o goleiro defende.

Mal começou o segundo tempo e o Santa Cruz, já chegou deixando seu recado. Aos dois minutos, na troca de passes entre Pipico e Paulinho, este chuta na entrada da grande área, mas para fora.

Aos 11 minutos, saiu o primeiro gol do Manaus. Pela esquerda, boa jogada individual de Gabriel Davis, que chuta cruzado, o goleiro do Santa rebate e na sobra bem colocado, Hamilton apenas toca para marcar, 1 a 0.

Em desvantagem no placar em casa, a Cobra Coral saiu em busca do empate. Aos 13 minutos, pela esquerda Leonan chuta rasteiro, mas o goleiro Gleibson faz a defesa sem dificuldades.

Não demorou muito e o Gavião do Norte marcou o segundo gol. Aos 20 minutos, Edvan cobra tiro de canto na área, Luís Fernando toca de cabeça e a bola mais uma vez sobra para Hamilton, bem colocado para balançar as redes do Santa, 2 a 0.

Aos 38 minutos, o Santa Cruz de bola parada chegou ao seu primeiro gol. Chiquinho bate forte, a bola acaba desviando no jogador do Manaus e tira o goleiro Gleibson do lance, 2 a 1.

Após o gol, o Santa Cruz se lançou de vez ao ataque. Aos 41 minutos, pela direita Totty avança e cruza para Perí, que chuta e quase marcou o gol de empate. Aos 43 minutos, nova chance do Santa. A zaga tira mal e Lourenço bate próximo da meta de Gleibson.

Ficha técnica:

Jogo: Santa Cruz 1×2 Manaus

Motivo: Campeonato Brasileiro da Série C – 1ª fase/ Grupo A/ 16ª rodada

Local: Estádio do Arruda – Recife/PE

Horário: 18h (19h de Brasília)

Público:

Renda:

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)

Árbitros Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Herman Brumel Vani (SP)

Gol: Hamilton11min 2ºt e 20min 2ºt (Manaus) e Chiquinho 38min 2ºt (Santa Cruz)

Advertências: Gilson (Manaus) e William Alves, Perí, Lourenço (Santa Cruz)

Expulsão:

Santa Cruz: Maycon Cleiton, Toty, Danny Morais, William Alves, Leonan (Perí), Bileu, André (Tinga), Jeremias (Jáderson), Lourenço, Caio Mancha (Chiquinho) e Pipico. Técnico: Marcelo Martellote.

Manaus: Gleibson, Edvan, Luís Fernando, Patrick, Tsunami, Márcio Passos, Gilson (Carrilho), Gabriel Davis, Janeudo, Philip (Matheuzinho) e Hamilton (Paulinho Simionato). Técnico: Luizinho Lopes.

 

Outras postagens...

Após sofrer dois gols relâmpagos, Amazonas FC vence de virada o Altos-PI e assume a liderança da Série C

Paulo Rogério

De férias no exterior, presidente do 3B da Amazônia negocia com técnica nos USA para 2020

Paulo Rogério

Pelo Campeonato Amazonense, São Raimundo marca dois, mas empata com JC em 2 a 2, em Itacoatiara

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...